.

Em menos de 24h, UPA de Stª Cruz do Capibaribe recebeu três baleados em assaltos; Um morreu

Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
As últimas 24h foram de intensa movimentação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) de Santa Cruz do Capibaribe. No curto espaço de tempo três pessoas foram socorridas na unidade hospitalar pública com ferimentos provocados por disparos de arma de fogo. Com um detalhe agravante, todas foram alvejadas em assaltos ou tentativas.

O primeiro caso aconteceu na Rua Henrique Dias, no bairro São Cristóvão. Na ocasião um jovem identificado como Otony Domingos (19 anos) fugiu da abordagem de dois criminosos e acabou sendo alvejado. O fato aconteceu no início da noite de quinta-feira, 11 – reveja em nosso arquivo de reportagem.

O segundo caso aconteceu em São Domingos, distrito de Brejo da Madre de Deus, também durante a noite de quinta, onde assaltantes armados perseguiram e atiraram em um comerciante que se recusou a parar e entregar o veículo com mercadorias. Segundo informações da polícia, Robson Alves de Oliveira (33 anos) morreu antes de dar entrada na unidade de saúde citada – relembre o ocorrido.

O terceiro e mais recente caso ocorreu já no início da manhã desta sexta-feira (12). Na ocorrência um homem foi atingido por um tiro em uma das mãos no momento em que estava descarregando um caminhão na Rua Capitão Pedrosa, no bairro São Cristóvão. Segundo relatos de testemunhas, o trabalhador não teria reagido a investida dos criminosos, mesmo assim foi baleado – confira mais detalhes sobre este caso.

Casos de maio preocupam

Apesar da frequência dos casos nas últimas 24h, o mês de maio já ficou marcado por outras situações que detalham o ponto alto da violência no município. No último dia 03 deste mês, o jovem Marcelo Torres da Silva (26 anos) foi assassinado no Loteamento São José, em Santa Cruz do Capibaribe, ao ser confundido com um criminosos. O caso ainda não foi elucidado pela polícia – entenda como o crime ocorreu.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso