.

Diversidade Literária: Análise de "A Filha Esquecida" — Por Bruna Marques

Foto: Bruna Marques (Agreg Imagem)
Título: A Filha Esquecida
Autor: Armando Correa
Editora: Jangada
Edição: 2019 
Gênero: Ficção Histórica 
Pág. 384
"Durante uma guerra, as pessoas sempre perdem a capacidade de ouvir."
Amanda e Júlio Sternberg são judeus, casados e pais de duas filhas, onde ambas já nasceram sob a tensão de uma possível guerra. Júlio é cardiologista e Amanda uma bibliotecária, dispondo de vários títulos, alguns deles da coleção seu pai, no qual ela os mantinha com todo amor, porém, muitos desses títulos não eram bem vistos pelos maus olhos alheios, olhos esses que incentivavam e incendiavam com a possibilidade de levá-los a fogueira como estavam ocorrendo com outras inúmeras bibliotecas espalhadas na Alemanha.

1939, em Berlim, onde o casal residia, é invadida pelos nazistas, dando início a 2° Guerra Mundial, no qual, todos no inicio achavam que as tensões não passariam de rumores, e não levaria a uma guerra de fato. Júlio vê o seu consultório invadido e sendo levado aos campos de concentração, e Amanda é obrigada a deixar tudo para trás, diante da atual situação em que sua vida e família se encontrava; viu os títulos de seu jardim das letras (nome da biblioteca) queimarem por completo, o seu marido ser levado a força pelos nazistas, ela foge para o sul da França, para uma aldeia. Antes da chegada de Amanda à aldeia ela terá de fazer uma escolha decisiva e quase impossível. Passado algum tempo escondida na aldeia, Amanda é levada pelos nazistas a um campo de trabalhos forçados, lá ela terá mais uma vez de reunir forças para fazer uma escolha sacrificante.

A leitura da obra me levou a vários momentos de reflexão, me peguei várias vezes imaginando outras opções para as famílias que foram submetidas a todo o holocausto, a todas as atitudes tomadas por preconceito religioso, todos os atos de insensibilidade, ao pavor horrendo dos familiares em busca de saídas para aquela situação no qual se instalara no país, a todas as perdas, mortes, atos desumanos de tortura e crueldade.

Esse gênero de obra me aguça a pesquisa, algumas vezes me vi saindo da leitura de um parágrafo e indo fazer pesquisa relacionada aquilo que havia lido, pra ter a confirmação que toda a cena que estava passando na minha mente era daquela forma ou ainda pior. Finalizei a leitura do livro desejando que houvessem mais folhas, foi muito prazeroso o período no qual passei lendo e absorvendo o conteúdo da obra.

Tiveram alguns quotes no qual não podia deixar de cita-los:
"O coração pode resistir a todos os tipos de trauma físico, mas a tristeza pode destruí-lo em um segundo."
"Sempre que você tiver medo e seu coração estiver acelerado, comece a contar suas batidas. Conte-as e pense em cada uma delas, porque você é a única pessoa que pode controla-las. A medida que aumentar o silêncio entre uma batida e outra, o medo vai começar a diminuir. Nos precisamos desses silêncios para existir, para pensar."
"O fedor do medo contamina; tudo o que entra em contato com ele fica vulnerável e, depois que alguém entrou nesse caminho, é impossível sair."
"A guerra traz a tona o pior de nós."
Por Bruna Marques


Câmara de Vereadores repassa recursos para prefeitura utilizar na assistência social em meio à pandemia do coronavírus

Expectativa é que R$ 100 mil beneficie cerca de 2,5 mil famílias.
Foto: Divulgação
Na manhã desta segunda-feira (6), o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, Augusto Maia (PSB), comunicou que realizou um repasse para os cofres da prefeitura no valor de R$ 100 mil para serem destinados às ações de assistência às famílias mais prejudicadas com o fechamento do comércio neste período de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus.

Os recursos devolvidos pela Câmara já estão disponíveis para a prefeitura direcionar as ações de assistência social no município, que pode beneficiar cerca de 2,5 mil famílias através da doação de cestas básicas. Augusto falou sobre o papel que os vereadores da cidade estão desempenhando em favor da população durante a crise do Covid-19.
“A Câmara tem tomado uma série de medidas ao longo desse período de pandemia. O trabalho dos vereadores tem sido praticamente exclusivo para evitar que a população sofra tanto. Aprovamos projetos que proíbem a cobrança de impostos municipais e o corte de energia elétrica. Todos os vereadores redirecionaram as emendas impositivas para serem utilizadas nesse enfrentamento. Agora estamos destinando recursos da Câmara para assistência da população”, disse.

Para Allan Carneiro, altas despesas mensais do Moda Center impedem possível isenção na taxa de condomínio

Ex-síndico alegou que empreendimento necessitaria ter caixa robusto para enfrentar período fechado.
Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
Nesta segunda-feira (06), o empresário Allan Carneiro (PSD) esteve no programa do comunicador Marcondes Moreno, na Santa Cruz FM, sendo ele um dos convidados. Em tempo de comentar os recentes episódios envolvendo uma série de questões no âmbito econômico e político, Allan deu declarações contundentes sobre as também recentes medidas adotadas pela direção do Moda Center Santa Cruz, cujo já foi síndico.

Na ocasião, a diretoria do Moda Center apresentou as taxas que passaram por reajustes, mas que devem ser pagas durante este período de pandemia. Na principal delas que corresponde aos bancos – ou boxes como são popularmente conhecidos – o desconto chegou a R$ 12,30. Allan debateu o tema com alguns dos outros convidados que passaram pelo programas, dentre eles Marlos da Cohab, vereador, e José Augusto Maia, ex-deputado e ex-síndico do Moda Center.

Em suas declarações, Allan respondeu a José Augusto Maia expondo que a isenção das taxas – situação defendida pelo ex-deputado – poderia não ser o mais interessante para o empreendimento neste momento, sobretudo se o mesmo não detiver grandes reservas em seu caixa. De acordo com o ex-síndico, o Moda Center possui uma folha alta de despesas, o que impossibilitaria abrir mão das taxas e adquirir assim débitos.
"É natural que as pessoas neste momento busquem algumas alternativas, essa questão do Moda Center foi colocada essa semana pelo vereador Marlos e acho que por José Augusto também", disse e prosseguiu: "o ideal eu acredito que seja não isenção, realmente é uma coisa bem – a não ser que tivesse uma reserva muito grande por lá – a gente precisa entender que o Moda Center é uma empresa, é uma instituição privada que não entra recursos públicos, pelo contrário, sai", encerrou o ex-síndico questionando quem iria pagar os salários dos funcionários do condomínio comercial.
Na mesma entrevista Allan, que é pré-candidato a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe ressaltou que não estava na emissora falando oficialmente pelo Moda Center.


Ministério Público de Pernambuco recomenda que Santa Cruz e outras cidades do Polo de Confecções retomem produção para ajudar no combate à pandemia

Para estimular as micros, pequenas e médias empresas da área de confecção no Estado de Pernambuco, principalmente as localizadas em Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe, a voltarem a sua produção à fabricação de máscaras caseiras e outros insumos que podem ser utilizados no enfrentamento da pandemia da Covid-19, o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu de Barros, expediu a Recomendação PGJ nº020/2020, para que os promotores de Justiça adotem as medidas cabíveis, bem como fiquem atentos aos cumprimentos das normas sanitárias e de segurança na confecção dos artefatos.
Foto: divulgação
Conforme considerou-se na Recomendação PGJ nº020/2020, o Decreto Estadual nº 48.830 suspendeu as atividades das Feiras de Negócios da Confecção, nos estabelecimentos de natureza pública ou privada, localizados nos municípios de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama, não impedindo, contudo, o exercício da atividade empresarial/industrial por parte das micros, pequenas e médias empresas localizadas nos municípios citados, assim como das demais com atividades assemelhadas em todo o estado.

Além disso, a recomendação está em alinhamento com a mobilização por parte do Ministério da Saúde para a fabricação de insumos para o enfrentamento da pandemia, em razão da escassez no mercado.

Para os que decidirem produzir os insumos, estes devem seguir as mesmas normas sanitárias destinadas às demais empresas com atividades não suspensas, demandando o emprego de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública.

A Recomendação PGJ nº020/2020 foi distribuída pelas listas de transmissão e encontra-se postada no site do MPPE, específico sobre a temática do Novo Coronavírus. O documento foi encaminhado também à Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), para o devido conhecimento e divulgação entre os prefeitos dos municípios pernambucanos.

Santa Cruz do Capibaribe - Ainda nesta segunda-feira (6), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), os representantes do Moda Center e a Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (ASCAP) receberam recomendação das Promotorias Cíveis locais para que orientassem seus associados quanto ao retorno das atividades internas, advertindo-os, contudo, acerca da vedação da abertura de boxes e lojas para venda presencial.
“Embora a recomendação estimule a confecção de máscaras e outros tipos de EPIs, ela não proíbe a fabricação de outros tipos de vestuário, desde que sejam atendidas todas as precauções sanitárias, como a distribuição de EPIS aos funcionários e a realização com um espaçamento mínimo de 1,5 a 2m entre os respectivos funcionários”, ressaltaram os promotores de Justiça Lúcio Carlos Malta Cabral e Ariano Tércio da Silva Aguiar.


Coronavírus – José Augusto Maia questiona desconto dado à condôminos e pede transparência na contabilidade do Moda Center

Foto: Divulgação
O ex-prefeito e ex-síndico do Moda Center, José Augusto Maia, emitiu nesta segunda-feira (06) uma nota se posicionando contrário ao desconto apresentado pelo empreendimento comercial devido ao não funcionamento causado pela pandemia do coronavírus (Covid-19).

José Augusto Maia elencou diversos pontos que segundo o mesmo apontam para falta de transparência por parte da direção do parque, sobretudo no âmbito financeiro.

Confira a nota:
Estamos presenciando um dos nossos maiores desafios enquanto sociedade, com a pandemia do novo coronavírus os setores relacionados a saúde e a economia são sem duvidas os mais afetados.

No que diz respeito a economia é indiscutível o impacto que irá causar nas vidas das pessoas e na saúde financeira das empresas. Em meio a crise vimos diversos setores suspenderem ou adiarem os pagamentos a serem realizados. No âmbito local, foi criada a expectativa de que isso iria acontecer como aquele que movimenta toda a economia da nossa região, o Moda Center Santa Cruz, já que praticamente todos que pagam o condomínio são diretamente prejudicados pela suspensão das feiras. Para minha surpresa, o que aconteceu foi a continuidade na cobrança do pagamento e um desconto que chega a ser desproporcional em relação a situação dada, a exemplo do desconto de apenas R$ 12,30 para os box's.

Enquanto ex-sindico e um dos que fizeram, junto com o povo, o Moda Center acontecer, me sinto na obrigação de me posicionar em relação a posição tomada pela diretoria. Levando em consideração que:

- O consumo de energia elétrica, dos combustíveis para os geradores e de água passaram serem mínimos com a suspensão das feiras.

- O gasto com coleta de lixo, material de limpeza e compra de equipamentos manutenção também são mínimos.

- O governo federal junto ao congresso já determinam medidas para flexibilização do pagamento de funcionários não prejudicando a folha de pagamento neste momento.

Opino que deve ser dada a suspensão imediata da cobrança de taxa de condomínio e reconsiderado o valor da mesma. Além disso, uma maior transparência nas informações como já venho cobrando há tempos, o Moda Center não é composto apenas pela diretoria, mas por todos os condôminos e a população que direta ou indiretamente faz o Moda Center ser um destaque em todo o mundo. Além de ouvir também os poderes constituídos, como a prefeitura e câmara de vereadores, que já se posicionaram favoráveis nesse sentido, inclusive tendo requerimento do vereador Augusto Maia aprovado por unanimidade solicitando essa suspensão, dentre o pedido de outros vereadores.

Reitero meu compromisso com o povo do Polo de Confecções e com todos aqueles que fazem parte da história do nosso querido Moda Center, mostrando a verdade e apontando soluções para o desenvolvimento da região.

José Augusto Maia
Novo embate

No início da noite, José Augusto Maia entrou ao vivo no programa de Marcondes Moreno, da rádio Santa Cruz FM, onde divergiu sobre o tema com Allan Carneiro.


Coronavírus está se aproximando de 'aceleração descontrolada' em Pernambuco, diz secretário de Saúde

O secretário estadual de Saúde de Pernambuco, André Longo, afirmou, nesta segunda-feira (6) que o estado está se aproximando rapidamente da fase de aceleração descontrolada do coronavírus. A previsão da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) é de que essa etapa aconteça entre o fim de abril e o começo de maio.
Foto: Divulgação
Em coletiva de imprensa na tarde desta segunda, o secretário de Saúde afirmou ainda que 73% dos novos leitos de UTI voltados para pacientes da Covid-19 estão ocupados. A taxa de ocupação dos leitos de enfermaria é de 57%. Ao todo, o estado tem 280 leitos regulados especificamente para o coronavírus.
"Temos feito avaliações de cenário diariamente. As curvas seriam piores se não tivéssemos adotado as medidas de isolamento social. Pernambuco se aproxima de forma célere da chamada aceleração descontrolada, fase em que os números da epidemia crescem sem controle", afirmou André Longo. "Serão dois meses duríssimos para a saúde publica de Pernambuco e para a sociedade pernambucana. Precisamos fazer a nossa parte", completou.
Segundo ele, os aumentos no número de casos confirmados nos últimos três dias estão dentro do esperado.
"Estão dentro da previsão porqie estamos caminhando rapidamente para a chamada aceleração descontrolada. Isso é fruto do que fizemos como sociedade há dez, sete dias atrás. Todos devem continuar atentos às medidas de etiqueta respiratória e higiene. O que estamos fazendo hoje será determinante para os próximos 14, 15 dias", disse o secretário de Saúde.
De acordo com a metodologia adotada pelo Ministério da Saúde para medir os impactos do crescimento de infecções, há quatro fases epidêmicas para mapear o coronavírus: transmissão localizada; aceleração descontrolada; desaceleração e, enfim, controle.

Boletim 

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou, nesta segunda, mais 22 casos da Covid-19 no estado. Agora, ao todo são 223 ocorrências da doença, contando internados, isolamento domiciliar e recuperados. Em relação aos óbitos, mais nove mortes foram confirmadas laboratorialmente - sete mulheres e dois homens - totalizando 30 mortes pela doença em Pernambuco. As novas confirmações são referentes a mortes ocorridas entre 27 de março e 5 de abril, período de dez dias.

Do total de casos confirmados, 101 estão em isolamento domiciliar e 67 internados, sendo 23 em UTI/UCI e 44 em leitos de isolamento. Outros 25 pacientes já estão recuperados. Pela primeira vez, o número de mortos superou a quantidade de pessoas curadas no estado. Pernambuco registrou ainda a morte de um adolescente de 15 anos, a vítima fatal mais jovem do coronavírus no Brasil.   

Os novos confirmados são nos municípios do Recife (8), São Lourenço da Mata (4), Jaboatão dos Guararapes (2), Olinda (2), Paudalho (2), Camaragibe (1), Cachoeirinha (1) Caruaru (1), Lagoa do Carro (1).
Foto: Divulgação
Os casos confirmados estão distribuídos por 17 municípios (Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Paulista, São Lourenço da Mata, Lagoa do Carro, Paudalho, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Cachoeirinha, Petrolina, Ipubi, Aliança e Goiana), além do arquipélago de Fernando de Noronha e das ocorrências de pacientes em outros estados e países.

Os novos óbitos confirmados pelo boletim desta segunda são:

1- Sexo feminino, 33 anos, grávida. Residente no Recife. Óbito no dia 05/04

2- Sexo feminino, 52 anos, profissional de saúde. Residente em Camaragibe. Óbito dia 04/04

3- Sexo feminino, 57 anos. Residente no Recife. Óbito dia 04/04 

4- Sexo feminino, 83 anos. Residente em Jaboatão dos Guararapes. Óbito dia 04/04 

5- Sexo masculino, 15 anos. Residente em São Lourenço da Mata. Óbito dia 27/03

6- Sexo masculino, 65 anos. Residente em Paudalho. Óbito dia 04/04

7- Sexo feminino, 84 anos. Residente em São Lourenço da Mata. Óbito dia 03/04  

8- Sexo feminino, 72 anos. Residente em Lagoa do Carro. Óbito dia 05/04

9- Sexo feminino, 42 anos. Residente em São Lourenço da Mata. Óbito dia 03/04 

Fonte: Diário De Pernambuco



Cozinha de serviço de delivery em Santa Cruz do Capibaribe desaba durante a chuva

A cozinha do serviço de delivery "Quero Jantinha", em Santa Cruz do Capibaribe, desabou após a chuva e os fortes ventos registrados nos último domingo (05). A estrutura foi derrubada quase que por completo, ficando teto e paredes no chão.
Foto: Divulgação
Na conta oficial do serviço no Instagram os proprietários lamentaram o ocorrido e afirmaram que no momento que a estrutura tombou não havia ninguém no local.
Foto: Divulgação
"O sentimento é de tristeza, mas também de gratidão a Deus por tão grande livramento, poderia ser pior se a gente estivesse ali no momento", diz parte do texto publicado nas redes sociais.

Criminosos roubam posto de combustíveis em Taquaritinga do Norte



Dois assaltantes armados roubaram, na manhã desta segunda-feira (06), um posto de combustíveis que fica situado no município de Taquaritinga do Norte, região Agreste de Pernambuco.

O posto de combustíveis onde o crime ocorreu fica situado às margens da rodovia PE-160. Na ocasião, ambos chegaram ao local em uma motocicleta e renderam os frentistas, levando uma quantidade não informada em dinheiro.

A polícia está investigando o caso, porém até o fechamento dessa reportagem ninguém havia sido preso.


Fisioterapeuta grávida morre por Covid-19; bebê sobrevive e vai à UTI

Noite deste domingo (5), a fisioterapeuta Viviane Albuquerque morreu pela Covid-19, na Unimed Recife, com 31 semanas de gravidez. Ela foi o primeiro óbito de gestante com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) causada pelo novo coronavírus em Pernambuco. O bebê foi retirado através de uma cirurgia cesariana e posteriormente foi encaminhado à UTI em estado grave.
Foto: Divulgação
Viviane, de 33 anos, foi internada na segunda (30) e na quinta teve o resultado positivo para o novo coronavírus, quando foi levada para a UTI. No sábado (4) precisou ser entubada devido a gravidade de quadro.

De acordo com fotos publicadas nas redes sociais, Viviane mantinha hábitos saudáveis e praticava exercícios. Era mãe de duas filhas e aguardava ansiosamente pelo novo filho. A penúltima foto postada em seu Instagram mostrava um desenho dela com mãos na barriga; a legenda era "Tudo isso vai passar".

Nota da Unimed Recife:
"É com pesar que a Unimed Recife confirma o falecimento de uma gestante, vítima da Covid-19. No entanto, não está autorizada a repassar informações tanto da paciente quanto do bebê, ficando a mesma a cargo da família. 
A Unimed Recife assegura, por sua vez, que o bebê está recebendo da equipe médica todos os cuidados necessários. 
E reforça que todas as informações estão sendo repassadas às autoridades responsáveis."

Fonte: Diário De Pernambuco






MPPE vai fiscalizar prefeitos e vereadores de 12 cidades para evitar uso político da assistência à população durante a emergência do Covid-19

Os promotores de Justiça eleitorais com atuação em 12 municípios pernambucanos (São Lourenço da Mata, Tacaratu, Jatobá, Manari, São João, Cabo de Santo Agostinho, Recife, Timbaúba, Belo Jardim, Feira Nova, Lagoa de Itaenga e Água Preta) recomendaram aos agentes políticos, como prefeitos, secretários municipais e vereadores que, mesmo havendo exceção permissiva diante da decretação de calamidade pública do Covid-19, a concessão de benefícios a pessoas físicas e jurídicas deve ser caracterizada por critérios objetivos. A medida visa assegurar que não aconteçam transgressões à legislação eleitoral, tendo em vista que 2020 é ano de eleições municipais.
“A situação estabelecida pela crise gerou um grave impasse, vários cidadãos carentes vão precisar da ajuda dos gestores municipais para sobreviver neste período de desafio, mas a legislação eleitoral não permite, em ano eleitoral, a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da administração pública. Para que não haja critérios políticos na escolha dos cidadãos beneficiados, os prefeitos devem adotar critérios objetivos e comunicar ao promotor da cidade como está procedendo”, defendeu o procurador-geral de Justiça Francisco Dirceu Barros. As orientações foram fixadas pela Recomendação Conjunta PRE-PGJ nº01/2020, publicada no Diário Oficial de 1º de abril. 
A primeira medida a ser adotada pelos gestores municipais é apresentar às Promotorias Eleitorais os fatos que motivaram a situação de emergência, uma relação dos bens ou valores que pretendem distribuir e o público ao qual se destinam os benefícios.

A continuidade dos programas sociais está assegurada, desde que tais programas tenham sido instituídos e tenham execução orçamentária desde 2019; isso significa que os prefeitos e secretários não podem criar programas sociais novos em pleno ano eleitoral. Os membros do Ministério Público Eleitoral vão atentar, porém, para o desvio de finalidade de tais programas sociais, a fim de impedir que essas políticas públicas sejam utilizadas para promover candidatos, partidos ou coligações políticas ou para repassar verbas públicas a entidades ligadas a candidatos, partidos ou coligações.

Por meio da recomendação, os representantes do MP também orientaram os presidentes das Câmaras de Vereadores que não deem prosseguimento à votação de projetos de lei que permitam a distribuição gratuita de bens, valores e benefícios, conforme a vedação expressa da Lei Eleitoral.

Os agentes políticos que descumprirem as vedações da legislação eleitoral estarão sujeitos a multa, que varia de R$ 5 mil a R$ 106 mil, e à cassação do registro ou diploma dos candidatos beneficiados pelas práticas irregulares.

As recomendações eleitorais foram publicadas no Diário Oficial do MPPE desta sexta-feira (3).



CDL lança desafio com designers de moda para criar máscaras de proteção

A CDL de Santa Cruz do Capibaribe lançou esta semana um desafio com designers de moda da cidade, para que os mesmos desenvolvam um modelo de máscara de proteção. A ação faz parte do processo de proteção ao coronavírus.
Foto: ASCOM
De acordo com o presidente da entidade, Bruno Bezerra, o desafio foi lançado e foi aceito por quatro profissionais que atuam com moda, no Polo de Confecções. “Fizemos um desafio e 4 dos melhores  designers de moda de Pernambuco toparam. No começo da semana a CDL Santa Cruz estará lançando vários modelos de máscaras com croquis e modelagem para qualquer pessoa ou empresas produzir”, explica o presidente.

Em breve a CDL divulgará o resultado e os nomes dos profissionais da moda, que toparam o desafio, assim como também os modelos para serem produzidos por empresas de Santa Cruz do Capibaribe e região.

Conteúdo Assessoria 



Edson Vieira realiza mudanças na administração municipal em Santa Cruz do Capibaribe devido ao calendário eleitoral

A partir desta segunda-feira (06), a administração pública da gestão do prefeito Edson Vieira (PSDB), em Santa Cruz do Capibaribe vai passar por mudanças no quadro de seus secretários.
Foto: ASCOM
A medida atende as determinações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que pede o afastamento de servidores da Administração Pública, seja direto ou indireto, inclusive das fundações mantidas pelo poder público (secretários), que vão concorrer a cargo eletivo nas eleições deste ano. O prazo final e limite de filiações determinado pela Justiça Eleitoral, é 04 de abril.

O prefeito Edson Vieira divulgou o nome dos novos secretários e suas respectivas pastas: André Bezerra vai ocupar a secretaria de Desenvolvimento Urbano, Poliana Costa a pasta de Saúde, Cristiane Souza comandará a de Governo e Desenvolvimento Social, Francisco Ricardo vai estar a frente da secretaria Extraordinária de Habitação e Serviços Públicos e Israel Moura, vai para a secretaria Executiva de Agricultura.

O prefeito Edson Vieira falou sobre o efeito das mudanças.
 “A realização dessas mudanças é positiva, pois nosso objetivo é atender as exigências da justiça eleitoral, como também oxigenar a administração pública. Não tenho dúvidas que estes novos secretários vão dar conta do cargo ocupado, como também, a população não vai deixar de ser beneficiada com ações importantes da gestão”, destacou o prefeito.
Com Joselito Pedro Educação, Isac Aragão, Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Tenente-coronel Sena, Defesa Social, Bergue Alves Controladoria Municipal, Marcelo Diógenes, Procuradoria Municipal, Elaine Silva, Santa Cruz Prev, Ivaldeci Filho, Assessor Contábil do Município, Geraldo Moura, executivo de Comunicação, Tenente coronel Sandro Bezerra, executivo de Mobilidade Urbana, Sabbi Mauri executivo de Tributos Municipais e Klaine Melissa, executiva de Administração não houve alterações.  

Perfil dos Novos Secretários:
André Bezerra, secretário de Desenvolvimento Urbano - Foto: ASCOM
Secretaria Desenvolvimento Urbano: André Bezerra é Engenheiro Civil formado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. É Mestre em Geotecnia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, com ênfase na identificação e caracterização geotécnica de solos expansivos. Está na gestão desde 2013, passou pelos cargos de Assessor Técnico na Secretaria de Saúde, Secretário Executivo de Planejamento e Gestão. Seu currículo também consta que foi Coordenador de Pavimentação, Manutenção de Sistemas de Micro e Macro Drenagens do município de Jaboatão dos Guararapes.
Poliana Costa, secretária de Saúde - Foto: ASCOM
Secretaria Saúde: Poliana Costa é Enfermeira Sanitarista, formada em Saúde Pública pela Universidade Estadual de Pernambuco, está na gestão desde 2013, passou pelas funções de Diretora do Hospital Municipal Raymundo Francelino Aragão, Vigilância Sanitária e por último estava como Secretária Executiva de Saúde. Poliana Costa já foi vereadora por dois mandatos na cidade de Vertentes.
Cristiane Souza - Foto: ASCOM
Secretaria Governo e Desenvolvimento Social: Cristiane Souza é especialista em Gestão Pública pelo IFPE, em Direto da Criança e do Adolescente pela UFRPE e em Gestão da Política de Assistência Social. Aluna da disciplina de Políticas Públicas no Mestrado de Direitos Humanos da UFPE. Na Secretaria de Governo e Desenvolvimento Social esteve como Secretária Adjunta de Desenvolvimento Social. Servidora pública, onde exerceu diferentes funções nesta secretaria, desde 2013 participou das ações da Política da Assistência Social, contribuindo com a consolidação e fortalecimento do Sistema Único da Assistência Social SUAS no município.
Francisco ricardo - francisquinho - Foto: ASCOM
Secretaria Extraordinária de Habitação e Serviços Públicos: Francisco Ricardo (Francisquinho), é advogado, foi vereador por seis mandatos consecutivos, foi presidente da câmara de vereadores no biênio 2011/2012, está na gestão desde 2013, já passou pelas pastas de Planejamento, Serviços Públicos e atualmente, é Assessor Especial do Gabinete do prefeito.
Israel Moura, secretário executivo de Agricultura - Foto: ASCOM
Secretaria Executivo de Agricultura: Israel Moura é Professor de História pela Faculdades Integradas Norte do Paraná (Unopar), faz parte da gestão desde 2017 no cargo de coordenador da Operação Carro Pipa. Possui como experiência dois mandatos de presidente da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Magana e Porteiras.