.

Governo de Pernambuco lamenta morte de policial em Santa Cruz do Capibaribe

Foto: Divulgação
Em nota emitida nesta segunda-feira (01), o Governo de Pernambuco por meio da Secretaria de Defesa Social classificou a morte de um policial em Santa Cruz do Capibaribe como "irreparável".

O órgão detalhou ainda que as polícias de Pernambuco, Alagoas e Paraíba estão trabalhando de maneira integrada para apreender os acusados de atirarem contra o policial durante uma troca de tiros registrada na Capital da Moda.

André José da Silva foi o policial da ROCAM morto em confronto, já o Sargento Moacir encontra-se em estado grave.

Confira a nota:
Nota SDS/investida a supermercado em Santa Cruz do Capibaribe

A Secretaria de Defesa Social informa que as forças de segurança de Pernambuco estão trabalhando de forma integrada com os órgãos da Paraíba e Alagoas na investigação e busca aos suspeitos do assalto, na manhã de hoje, a um supermercado no município de Santa Cruz do Capibaribe.

Na ação criminosa, um policial militar foi morto e outro ficou ferido na troca de tiros com os bandidos. Os agentes públicos, a serviço do 24º Batalhão da PM (responsável pela área), estavam em uma viatura fazendo rondas de rotina no local, quando houve a investida. Prontamente, entraram em combate com os assaltantes, cumprindo, com bravura, a missão do policial.

A morte do soldado André Silva é irreparável para a segurança pública e, mais ainda, para seus familiares e amigos. A Polícia Militar está, neste momento, empenhada em dar todo o apoio aos familiares neste momento de dor. Da mesma forma, todo apoio médico, hospitalar e social está sendo prestado ao sargento Moacir, ferido no combate, assim como a seus familiares. O policial militar tem quadro clínico estável e está sob cuidados médicos.

Neste momento, a Força Tarefa Bancos da SDS, integrada pelas polícias Civil, Militar e Científica, está fazendo as buscas e investigações, coordenadas pelo delegado Bruno Machado, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Perícias foram feitas no local na busca por indícios que possam levar aos suspeitos.  O Grupamento Tático Aéreo (GTA) também está envolvido na ocorrência. O trabalho será incansável até que haja uma resposta a esse crime. Outras informações não serão detalhadas para não prejudicar as investigações.

O enfrentamento às quadrilhas especializadas em investidas a instituições financeiras é prioridade da segurança pública. Ações preventivas e repressivas, planejadas em conjunto com representantes do setor, colaboraram para uma redução de 59% desse tipo de crime em Pernambuco, em 2019. Houve, nos primeiros cinco meses deste ano, 11 roubos consumados a instituições financeiras, contra 27 no mesmo período do ano passado.

Secretaria de Defesa Social

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso