.

Prefeitura de Taquaritinga do Norte pagou R$ 62,00 em garrafão de água mineral, aponta Portal da Transparência

Foto: Reprodução
O alto valor pago por um garrafão de água voltou a ser motivo de polêmica no Agreste de Pernambuco. Em buscas no Portal da Transparência de Pernambuco, populares encontraram um empenho datado de 26 de fevereiro de 2018 que apontam um alto valor pago por três garrafões de água mineral no município de Taquaritinga do Norte.

Na ocasião, as três águas custaram R$ 186,00, saindo a R$ 62,00 a unidade que normalmente custa R$ 5,00 em estabelecimentos comerciais da região. Os garrafões foram adquiridos para abastecer a Secretaria de Obras e Urbanismo da cidade em questão.

Em nota, a prefeitura justificou o caso:
NOTA DE ESCLARECIMENTO

Prezados,

Sei que aqui não é um canal adequado para esclarecer qualquer coisa  relativa a Administração Pública do Município, no entanto, sobre uma notícia de superfaturamento na compra de “três garrafões de água mineral” preciso esclarecer, uma vez que eu, JOSÉ ROBERTO CELESTINO PEDROSA, Diretor de Contabilidade desta Prefeitura sou a pessoa diretamente envolvida com o fato.Vamos aos fatos:

O fornecedor de água Mineral para esta Administração é o mesmo que fornece gás GLP. Quando eu elaborei esta Nota de Empenho cometi um erro trocando “gás de Cozinha” por “água mineral”, uma vez que as notas de pedido ficam dispostas em minha mesa.

A nota fiscal do empenho em questão vai provar isso.

Estou postando também um empenho e sua respectiva Nota Fiscal com o valor que esta administração paga pela água mineral.

Reconheço meu erro e peço desculpas pelos transtornos que possa ter causado à Administração e à população.

Ao mesmo tempo agradeço aos que observaram o erro dando-me a oportunidade de corrigi-lo e de pedir desculpas.

Atenciosamente,

JOSÉ ROBERTO CELESTINO PEDROSA

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso