.

Em vídeo, Allan Carneiro avalia o EMP 2018 e faz discurso em tom de despedida

Síndico do Moda Center disse que evento deve ser visto como provocação para o setor comercial e cobrou conduta sustentável por parte de comerciantes.


Em um vídeo com texto publicado no Facebook na noite desta segunda-feira (30), o síndico do Moda Center Santa Cruz, Allan Carneiro, avaliou o Estilo Moda Pernambuco (EMP 2018) e pediu uma conduta mais firme e sustentável por parte dos comerciantes. O empresário ressaltou que em poucos meses estará deixando a administração do parque de feiras, mas afirmou que continuará empenhado no crescimento do Polo de Confecções de Pernambuco como um todo.

Confira o texto:
Junho foi um dos piores meses de minha vida! Correrias, desencontros, julgamentos e perda. Julho foi um dos melhores! Pouco sono, trabalho, cuidado, foco e MUITO resultado. Assim é a vida, de altos e baixos, de ciclos, uns ruins e outros espetaculares. O EMP foi mais um projeto idealizado, pensado e executado por várias pessoas – uma experiência profissional fantástica!

O Moda Center, através dos seus condôminos, me proporcionou esse grande aprendizado, e eu sou muito grato por isso. É muito bom trabalhar com gente competente e séria, a gente aprende demais! Para muitos, pode parecer simples, mas para um evento acontecer da forma que aconteceu tivemos mais de 200 profissionais trabalhando duro, muitas vezes madrugada a dentro.

Provocamos boas discussões num mundo às vezes tão efêmero, em que o conteúdo é muito pouco valorizado. Sustentabilidade pode parecer aos olhos de alguns algo clichê, uma modinha né? Mas não é! Veio pra ficar. Cabe ao consumidor começar a comprar roupa de gente séria, que respeita as pessoas, a natureza e seus trabalhadores. Distribuir arvores é massa, mas ainda é muito pouco. Temos que avançar mais! O Capibaribe está ‘morto’ e a caatinga está morrendo. Grana é bom, dá pra fazer quase tudo, mas é imprescindível que a forma de produção seja sustentável.

No EMP, inserimos empresas de todos os portes, donos de lojas e boxes, grandes marcas de várias cidades do Polo de Confecções. O objetivo do evento foi sempre o fortalecimento do polo e do Moda Center. Em plena crise, resistimos, tentamos, mudamos... Não nos acomodamos. Logo a crise passará e como legado encontraremos (e estamos encontrando) outros caminhos.

Nosso país está sofrendo, e teimamos em acreditar que virá um salvador da pátria, um grande presidente, um bom governador e um ótimo prefeito. Isso tudo é ilusão. A gente tem que mudar também. Esse foi o último grande projeto que tive o privilégio de estar à frente no parque. Tenho certeza que o EMP e outros projetos vão continuar, pois o Moda Center possui uma equipe de colaboradores espetacular!

A instituição é e será sempre maior do que qualquer pessoa, e vai continuar cada vez mais forte. Final de um ciclo, início de outros, assim é a vida. Grato a Deus, grato a todos.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso