.

Greve de fome – "A reação da população mostra o quanto ela está desacreditada", diz Clodoaldo Barros sobre protesto solitário

Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Na tarde desta segunda-feira (14) a equipe de reportagem do Blog do Bruno Muniz esteve acompanhando o protesto do popular Clodoaldo Barros, realizado na praça da Câmara Municipal. Dentre outros temas ele exige que um auxílio-alimentação aprovado pelos 17 parlamentares do município seja revogado.

Apesar do tema mais recente, Clodoaldo também faz outras reivindicações, como investigações contra supostos esquemas de doação de terrenos públicos por parte de gestões municipais.

Clodoaldo também falou sobre o descrédito visto nas redes sociais sobre o seu protesto. Segundo ele, o fato da população não acreditar que resultados podem ser alcançados demonstra como as situações estão invertidas no conceito popular. Para ele, isso tem elevado o seu desejo de seguir com o que denomina de 'protesto solitário'.
"Eu fico ainda mais triste com os nossos representantes santa-cruzenses, justamente porque a reação da população mostra o quanto ela está desacreditada dessas pessoas. Eu observo isso como algo que me dá mais forças para que eu continue, para mostrar que esses caras devem ter algo de humano dentro deles, e não só a questão do dinheiro e do poder", disse ao Blog.
Para se manter no posto o manifestante consome apenas água e tem evitado ao máximo sair para usar o banheiro. O mesmo espera que até quinta-feira (17) algo seja alterado no cenário atual.

Não está totalmente sozinho

Apesar de ser o único no local a fazer a greve de fome, várias pessoas passam pelo local de hora em hora. As pessoas, em sua grande maioria curiosas, conversam e tiram dúvidas sobre o processo de abrir mão da alimentação por uma causa. Segundo Clodoaldo, o apoio discreto surge em forma de tímidas palavras de incentivo, ao mesmo tempo em que também surgem recomendações de cuidado e preocupação com o bem estar do pivô da manifestação.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso