.

Combate ao mosquito Aedes aegypti em Santa Cruz está interrompido por falta de larvicida

Com recente chuva, situação fica ainda mais complicada.
Foto: Divulgação
Santa Cruz do Capibaribe já vivenciou grandes problemas no que diz respeito a proliferação de doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti, a exemplo do grande surto de 2015. O referido mosquito é responsável por doenças como Dengue, a Zika e a Chikungunya, todas estas extremamente danosas aos seres humanos.

Atualmente o município em questão não está realizando o combate efetivo ao mosquito pois falta, de acordo com agentes da Secretaria de Saúde, o larvicida, elemento que é utilizado na água e visa impedir a reprodução da espécie. O produto que faltou este mês impede ainda que os agentes exerçam suas atividades normais.

A nossa reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde que informou que o larvicida está em falta por consequência do não repasse por parte do Governo do Estado de Pernambuco. O órgão informou ainda que o produto também falta em outras cidades, o que preocupa também num âmbito regional.

Ainda de acordo com informações, a expectativa é que o larvicida chegue ao município apenas no mês de fevereiro, ainda com data não especificada. Enquanto isso, com a recente chuva, a população local fica a mercê da própria sorte.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso