.

Obras da Adutora do Alto Capibaribe avançam na zona rural de Santa Cruz do Capibaribe

As obras de assentamento das tubulações do projeto da Adutora do Alto Capibaribe que visa captar água da transposição do Rio São Francisco, e abastecer nove cidades do Agreste Setentrional, incluindo Santa Cruz do Capibaribe, avançam no sítio Pindurão dos Ramos, na zona rural da Capital da Moda.
Maquinas escavando canais para passagem dos tubos - Foto: Marcelo Ramos
A água será capitada no Rio Paraíba, trecho do município de Barra de São Miguel-PB, na transposição do Rio São Francisco e tubulada por canos enterrados às margens da PB-160, cujo processo de colocação já foi concluído, e segue pela zona rural de Santa Cruz.
Fotos: Marcelo Ramos
Os tubos tem 720 e 700 milímetros de diâmetros e, segundo a Compesa, foi projetada para transportar uma vazão de 371 litros de água, por segundo. A previsão é concluir a adutora até o final deste ano.
Escavações para passagem dos tubos - Foto: Marcelo Ramos
O projeto foi uma parceria entre os governos de Pernambuco e da Paraíba, com investimento de R$ 82 milhões bancados pela Caixa Econômica Federal e pelo Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).


O projeto visa abastecer 230 mil pessoas de Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Jataúba, Taquaritinga do Norte, Vertentes, Frei Miguelinho, Santa Maria do Cambucá, Vertente do Lério e no distrito de São Domingos, em Brejo da Madre de Deus, cidades que sofrem com períodos longos de seca e escassez de água.
Obras às margens da PB-160 - Foto: Marcelo Ramos
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso