.

Presídio no Agreste de Pernambuco libera a realização de primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo

Foto: Divulgação
A Penitenciária de Tacaimbó (PTAC), no Agreste de Pernambuco, liberou a realização do primeiro casamento de uma transexual que está detida na unidade. A recepção aos familiares dos noivos foi realizada na quarta-feira (25), na unidade prisional. O casamento civil ocorreu no último dia 20, no Fórum da Comarca de Caruaru.

Os detentos Xana, 39, e Robson Genésio de Lima Silva, 30, receberam os convidados em um dos pavilhões onde foi montado todo o cenário da festa. Eles se conheceram na PTAC há dois anos quando Xana trabalhava no setor de Saúde. A PTAC é ligada à Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres).
“A ação é uma forma de respeitar as escolhas dos reeducandos e contribuir para o processo de ressocialização que passa também pelo âmbito emocional e social”, explicou o gerente da PTAC, Felippe Diniz.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso