.

Editorial — O silêncio de Diogo Moraes

Foto: Alepe
Quem acompanha a atuação do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) nota algo muito claro, em se tratando da política de Santa Cruz do Capibaribe, o mesmo tem preferido silenciar. Em tempos onde outros pré-candidatos correm desesperadamente para anunciar os seus respectivos posicionamentos, o socialista se privou de se posicionar sobre as decisões que deve tomar para 2020.

Aliados de primeiro grau do político afirmam que o mesmo já deu declarações contundentes de que deve disputar as eleições do próximo ano como candidato a prefeito, mas as tais declarações informais beiram apenas as especulações já que nenhuma foi confirmada pelo deputado. Recentemente o deputado esteve fora de Pernambuco cumprindo agenda de seu mandato. Neste período, se geraram expectativas que o mesmo se pronunciasse assim que regressasse, porém isso não aconteceu.

Parte da oposição em Santa Cruz também não está se movimentando justamente aguardando um parecer do político. Isso dar-se-á pelo poder de decisão que foi atribuído ao mesmo nas últimas eleições. Para esta parcela dos oposicionistas, a última palavra, seja qual for o teor, deverá ser de Diogo Moraes. Muitos defendem que Diogo seja de fato o candidato majoritário, mas também sustentam que mesmo se não for ele, ainda será terá significativo papel de decisão na disputa.

Há quem diga que em meio ao corre corre da política santa-cruzense, Diogo estaria fazendo uma análise 'fria' de toda a situação para dar um único passo e não mais desconstruí-lo até outubro do próximo ano. Aliados do mesmo já chegaram a confidenciar ao Blog que Diogo interpreta como "precipitadas" muitas ações no campo político que estão ocorrendo na 'Capital da Moda'.

Um outro ponto que volta e meia tem pairado sobre os debates envolvendo o deputado estadual Diogo Moraes é a saúde do parlamentar. Recentemente o político chegou a se afastar momentaneamente da sua carreira pública para tratar de problemas de saúde, chegando a assumir o seu mais recente mandato tardiamente. Familiares de Diogo negam que o mesmo esteja debilitado e apontam que os recentes problemas divulgados na imprensa se dão pelo estresse típico da vida pública.

Essa semana, novas especulações de que Diogo deve se pronunciar sobre suas decisões políticas muito em breve foram soltas em Santa Cruz do Capibaribe e acabaram gerando novas expectativas. Resta agora saber se Diogo quebra mesmo o silêncio em 2019 ou só vai se pronunciar no próximo ano.

Por Bruno Muniz


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso