.

Jéssyca Cavalcanti destaca mais uma ação de castração realizada em Santa Cruz do Capibaribe

Foto: Divulgação
O Senado Federal aprovou recentemente Projeto de Lei 27/2018, que cria o regime jurídico especial para os animais, definindo os mesmos como seres sencientes, ou seja, dotados de natureza biológica e emocional e passíveis de sofrimento. Pela proposta, os animais não poderão mais ser considerados objetos. A decisão do Senado, que agora deve ser analisado novamente pela Câmara Federal, trata-se de um importante passo na conquista de direitos e cuidados para com os animais.

A vereadora de Santa Cruz do Capibaribe, Jéssyca Cavalcanti tem realizado uma forte militância junto à causa e comemorou mais esse passo dado na defesa dos animais. Além de ser autora de Leis e requerimentos em prol dos animais, a vereadora é idealizadora do projeto de Ação de Castração, realizado mensalmente, com o intuito de diminuir a reprodução desordenada e o elevado índice de cães e gatos abandonados nas ruas da cidade.

Neste ultimo domingo (25), mais uma ação de castração foi realizada pelo projeto, na Escola Professora Evany Patriota.
"Só no Brasil, existem cerca de 30 milhões de cães e gatos nas ruas, o que é uma questão sanitária e também social. Portanto, ações como a castração visam garantir uma melhor qualidade de vida para os animais e a redução no número de abandonos. Hoje realizamos mais uma ação de castração e só posso agradecer a todos que apoiam esse tão importante projeto", destaca a vereadora.
Cadastro - O projeto já é realizado há mais de dois anos pela vereadora, que conta ainda com o apoio das Secretárias Municipais de Educação e Saúde. Para os que desejam realizar os procedimentos em seus animais, devem se dirigir ao gabinete da vereadora Jessyca Cavalcanti, na Câmara de Vereadores. A Casa José Vieira de Araújo funciona das 7 às 13 horas, de segunda a sexta-feira.

Conteúdo da Assessoria


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso