.

“Participar do Estilo Moda Pernambuco é, para mim, uma conquista", afirma empreendedor estreante

Foto: Divulgação
O Estilo Moda Pernambuco é uma oportunidade para que confeccionistas do polo possam não apenas mostrar suas coleções, mas também alcançar novas oportunidades de negócios.

Considerado vitrine da moda para o segundo semestre, terá mais de 60 marcas desfilando seus produtos para o público e destas, 46 são estreantes no evento. Uma delas é a Good Jack, que pertence ao empresário santa-cruzense Marcelo Conserva de Fontes. Fundada em 2016, a marca surgiu, de acordo com o empresário, a partir de uma mudança radical em sua visão como empreendedor.
“Eu já fabricava roupas infantis e juvenis femininas, assim como também era designer gráfico de outras empresas. Quando expressava minhas ideias como prestador de serviço, muitas pessoas duvidavam, davam mais valor a quem vinha de fora. Passando por isso, resolvi mostrar meu conteúdo, aquilo que eu acredito e fui lá. Fiz e fundei minha marca, com foco no conceito hipster, de um homem com estilo, de alto desempenho”, frisou.
A Good Jack estreará no EMP 2019 através do projeto Coletivo Criativo, que proporciona, em um desfile colaborativo, a oportunidade de diversos empreendedores de pequenas empresas participarem do evento, criando condições de inclusão destes no line up oficial, oportunizando o acesso à maior vitrine de moda do estado e região do Polo de Confecções.

“Participar do Estilo Moda Pernambuco é, para mim, uma conquista, uma oportunidade de comércio e de sermos enxergados não só por aqueles que fazem a moda na região, mas por muitas pessoas de fora. Isso é o que busco e o Moda Center nos proporcionou isso. Vejo o EMP algo maior até mesmo que o Fashion Week, pois com muito menos recursos, nos tornamos heróis e esse evento vai nos proporcionar uma luz, um destaque. Quero meu espaço como todas as empresas querem e ser reconhecido no que faço. Sou o meu trabalho e sou a minha marca”, concluiu.
Fotos: Divulgação
A Good Jack comercializa seus produtos em três boxes no Moda Center Santa Cruz, gerando 13 empregos diretos e indiretos, com uma produção de três mil peças/mês. Fazem parte dos produtos: camisas, camisetas, jaquetas, calças entre outros.

Conteúdo da Assessoria


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso