.

Fortes chuvas deixam ao menos 11 mortos em Pernambuco


Nove pessoas morreram na madrugada desta quarta-feira (24) após o deslizamento de barreiras e queda de árvore ocasionados pelas fortes chuvas. As vítimas são dos bairros de Dois Unidos e Passarinho, Zona Norte do Recife, Águas Compridas e Alto do Sol Nascente, em Olinda e Caetés, em Abreu e Lima.

Na capital pernambucana, uma morte aconteceu no Córrego do Curió, em Dois Unidos. Uma árvore caiu e atingiu uma casa. O morador, ainda não identificado, morreu. O corpo da vítima foi recolhido por volta das 10h desta quarta pelo Instituto de Medicina Legal (IML). A esposa do homem que morreu teve ferimentos e foi socorrida, na madrugada. Ela foi levada a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A Defesa Civil do Recife está no local, pois outras casas estão ameaçadas na área atingida. Outras duas mortes foram confirmadas pela Prefeitura do Recife na Rua Ageu, bairro do Passarinho.

Em Olinda, os óbitos foram registrados em Águas Compridas, onde a idosa Iraci Maria da Conceição, 78, morreu, e no Alto do Sol Nascente. Na Rua General Sampaio, em Caixa D'água, em Olinda, o Corpo de Bombeiros, o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e moradores da localidade resgataram com vida duas crianças, de 6 e 5 anos, e dois adultos.

No bairro de Caetés, em Abreu e Lima, quatro pessoas morreram. Uma pessoa foi retirada com vida da área. De acordo com o Corpo de Bombeiros, mãe e filha foram retiradas do local do deslizamento. Ariana, 39 anos, foi encontrada consciente. Já Mariana, 19, foi retirada viva, mas não resistiu e morreu. A mãe foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao Hospital Miguel Arraes, em Paulista.

Além de Mariana, morreram no deslizamento Luiz Henrique, de 15 anos, e um homem identificado como Dalmir, de aproximadamente 50 anos. Equipes de busca do Corpo de Bombeiros ainda estão no local em busca de mais duas pessoas soterradas. Estão desaparecidos Salviano, pai de Mariana e marido de Ariana. Maria Eduarda, que está grávida e tem 21 anos, foi encontrada morta.

Ontem, a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta para a possibilidade de continuidade de chuvas moderadas a fortes no Recife. A previsão é válida para as próximas 24 horas. A Defesa Civil do Recife informou que mantém um plantão permanente, podendo ser acionada pelo telefone 0800-081-3400. A ligação é gratuita e o atendimento 24 horas. A orientação é que, em caso de necessidade, moradores de locais de risco procurem abrigos seguros.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso