.

Em Toritama, mulheres passam dois dias com motocicletas 'trocadas' por engano

Toritama – Foto: Divulgação
Um caso inusitado foi registrado na cidade de Toritama, no Agreste de Pernambuco. A nossa reportagem foi procurada por Sivoneide Ferreira da Silva, de 32 anos que, na última semana, acabou pegando uma motocicleta semelhante a sua e só percebeu o engano dois dias depois. A proprietária da outra motocicleta, que não quis ser identificada, notou que a moto que havia pego não era a sua bem antes.

Na quinta-feira (18), Sivoneide deixou uma Honda Biz de cor preta, estacionada nas imediações de um estabelecimento comercial no bairro Centro da Capital do Jeans. Ao sair de um ponto comercial, notou que a motocicleta estava estacionada em local diferente de onde havia deixado. Ela destacou a nossa equipe que isso já teria ocorrido outras vezes onde em algum momento um veículo maior precisou estacionar e alguém afastou a motocicleta para liberar o espaço.

Ao encaixar a chave na ignição, Sivoneide ressaltou que não notou nada de diferente e foi para casa normalmente. A motocicleta ficou estacionada na garagem até a manhã de sábado (20), quando a mulher precisou novamente sair na mesma. Foi neste momento que Sivoneide conta como notou que havia algo errado.
"Quando eu tirei a moto pra fora de casa vi que tinha um adesivo abaixo da placa e a minha moto não tinha adesivo ali. Quando olhei a placa, tomei um susto grande", ressaltou.
Sivoneide disse que pensou em ir até a delegacia, mas ficou com medo de ser acusada de roubo. Sem saber onde estava a sua verdadeira motocicleta, ela recorreu a um grupo do WhatsApp para procurar o dono da moto e desfazer a "troca" involuntária. A comerciante nos informou que neste domingo (21), conseguiu localizar a dona do veículo que estava em posse e o devolveu, pegando também de volta a sua moto.

Um dos fatos mais curiosos sobre o ocorrido é que ambas as chaves dos veículos serviram perfeitamente nas motocicletas. A outra envolvida na "troca" informou a Sivoneide que pensou ter sido roubada, mas foi informada por um popular que a mulher que havia chegado na motocicleta semelhante a dela que ainda estava estacionada na rua pegou, ao sair de uma loja, a moto da mesma. Os indícios que apontavam para o possível engano foi confirmado horas depois quando a mulher colocou a chave na ignição e moto que não era sua, também ligou. Diante disso, ela resolveu procurar a proprietária.

Sivoneide alegou que procurou a nossa reportagem porque o caso da mesma acabou sendo compartilhado em muitos grupos e, para esclarecer melhor a história, preferiu tornar público o desfecho e informar que o mal entendido já havia sido desfeito. Para ela, ficou a lição:
"O erro foi principalmente meu. Eu estava com a cabeça em outro lugar e não prestei atenção em qual moto estava montando. O fato da moto ter ligado de primeira também colaborou para que eu cometesse o engano. Vou encher ela de adesivos agora pra isso não acontecer nunca mais", brincou.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso