.

Diogo nega ser contra indicação de Paulo Câmara para o TCE e sustenta: "sou leal ao governador"

Foto: ASCOM Alepe
Nesta terça-feira (09), circulou em blogs da Capital de Pernambuco a informação de que o deputado Diogo Moraes, líder do PSB na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) poderia entrar na justiça contra a indicação do governo para o TCE.

O cenário dava ainda conta que o governador já defendia o nome de Carlos Neves para conselheiro do TCE. Caso Diogo entrasse mesmo com o pedido judicial, a votação, prevista para a quinta-feira (11), poderia ser inviabilizada.

Em nota enviada aos meios de imprensa, Diogo negou que fosse contrário à indicação de Câmara e completou dizendo que é real ao governador.
“Não há qualquer movimento no sentido que foi veiculado. Eu estava viajando em família. Retornei antes, logo que o presidente Eriberto Medeiros nos chamou para a reunião de hoje na presidência. Estive presente assinando o apoiamento à indicação, não havendo, portanto, nenhum conflito nesta questão. Sou leal ao governador Paulo Câmara e seguirei apoiando suas decisões. Carlos Neves é um amigo. Nos falamos a respeito e com muita naturalidade estamos apoiando seu nome. Tenho certeza que fará um excelente trabalho, técnico e ético como conselheiro, como sempre desempenhou em suas funções”, disse o deputado.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso