.

Sementeira e Parque Florestal de Santa Cruz do Capibaribe abrem espaço para cumpridores de penas alternativas

Foto: Divulgação
O município de Santa Cruz do Capibaribe possui, atualmente, 56 instituições parceiras da Gerência de Penas Alternativas e Integração Social (Gepais), aptas ao recebimento de cumpridores de penas e medidas alternativas. Duas delas, a Sementeira Municipal Maria de Lourdes e o Parque Florestal Fernando Silvestre, estão há dois meses acompanhando o trabalho de 10 cumpridores, que desempenham suas atividades colocando as mãos na terra.

Na sementeira, que abriga cerca de 50 espécies do bioma da caatinga, como mulungu, caideira, jatobá e barriguda, os cumpridores realizam a capinação do mato, produção de mudas, recolhimento do lixo, além de transportarem as mudas para outros espaços e para plantação na cidade.
“É muito importante essa abertura para os cumpridores, principalmente nos espaços públicos, o trabalho leva a ressocialização”, reforça Marivaldo Zuza de Andrade, gestor municipal  de Meio Ambiente.
Outra instituição que também abre espaço para a prestação de serviços como pena alternativa é o Parque Florestal Fenando Silvestre. O espaço abriga 40 espécies de árvores, tais como: umbuzeiro, gameleira, pau-brasil, flamboyant e palmeiras. No local os cumpridores realizam serviços de capinação, limpeza e poda das árvores.
“Esse tipo de parceria é motivo de comemoração pela GEPAIS. Promover a execução das penas e medidas alternativas de forma humanizada, gerando frutos para a sociedade e, principalmente para o próprio cumpridor é o objetivo maior da Política Estadual de Alternativas Penais. O ciclo de violência só é interrompido com a promoção da cidadania, e nada pode gerar mais cidadãos do que o trabalho para a comunidade”, ressalta Talita Alencar gestora Técnica da Gepais.
O município de Santa Cruz do Capibaribe tem aproximadamente 265 cumpridores que prestam serviços à comunidade em 56 instituições. Nesta quarta-feira, 22, eles participam de Encontro de Integração, promovido pela Gerência e Penas Alternativas, no Fórum do município.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso