.

"Eu agora tenho dois aniversários", conta mulher vítima de grave acidente em Santa Cruz do Capibaribe

Nossa reportagem foi até a residência de Fran, personagem de uma história de superação e gratidão.
Foto: Iago Ribeiro (Agreg Imagem)
Nesta sexta-feira (07), a equipe de reportagem do Blog do Bruno Muniz realizou uma entrevista exclusiva com Francimar Ribeiro, ou simplesmente 'Fran', mulher que na última segunda-feira (03) foi vítima de um grave acidente que quase lhe tirou a vida. Na ocasião, Fran passava com uma motocicleta em um cruzamento da rodovia PE-160 quando foi atingida por um veículo modelo Toyota.

Após o acidente, Fran foi levada diretamente para uma unidade hospitalar de tratamento intensivo onde recebeu todos os cuidados médicos. Na colisão a mesma acabou perdendo parte da perna e sofreu várias outras sequelas. Em sua residência, a mesma nos recebeu e detalhou os momentos vivenciados após o grave acidente que chocou os moradores da cidade.

O acidente de Francimar também foi pauta por outros motivos. A serenidade da mulher até nos momentos mais críticos após o ocorrido chamou atenção de testemunhas, curiosos e até mesmo equipe médica. Ao contrário do que normalmente ocorreria, Fran foi responsável por levar conforto aos familiares e amigos notando o desespero que os mesmos estavam ao ver a situação em que a mesma se encontrava.

Apesar das dores intensas provocadas pela amputação violenta de um membro, a todo momento ela conversou e tranquilizou pessoas que a estavam amparando antes da chegada da ambulância.

Quando chegamos até a residência da família, Francimar estava se locomovendo com a ajuda de familiares e um carrinho de bebê, nesta ocasião improvisado para permitir que ela se locomovesse sem tanta dificuldade. As dores intensas que não são totalmente amenizadas com medicamentos devem diminuir já que a mesma ganhou uma cadeira de rodas através de uma doação. O equipamento de mobilidade chegou até o lar da mesma no momento em que a nossa equipe gravava com ela.

Ao ver a cadeira, Francimar rapidamente pediu para sentar nela. Visivelmente emocionada, ressaltou:
"Eu estou chorando, mas é de alegria."
Naiane Lopes, jovem que ajudou nos primeiros-socorros após o acidente também esteve na residência e detalhou que desde que viu Francimar caída na rua já sem uma das pernas, notou que a personalidade da mulher era algo diferente, único. A jovem afirmou que com a ajuda de outra pessoa fez um torniquete para estancar o sangramento na perna de Fran, que segundo ela passava serenidade para as pessoas que acompanhavam o desfecho do acidente.
Foto: Iago Ribeiro (Agreg Imagem)
De volta para casa, Fran destacou que a sua tranquilidade tinha uma justificativa muito clara; a confiança em Deus. A mulher que hoje divide uma casa com esposo, filha e um neto, e pleneja voltar para cidade natal (Sumé - PB), atribuiu a sua tranquilidade na confiança que tinha que tudo ficaria bem, mesmo que todos os indícios estivessem apontando para algo ruim.
Foto: Iago Ribeiro (Agreg Imagem)
De todas as falas de Fran algo ficou muito claro, ela é imensamente grata por ter sobrevivido, embora que com sequelas. Confira a entrevista:


Uma campanha está sendo realizada para arrecadar recursos para Francimar. Na ocasião estão sendo coletados mantimentos como roupas, alimentos, leite Ninho, fraldas tamanho G e também valores em dinheiro que podem ser depositados na conta abaixo:

Caixa Econômica Federal

Agência – 3315
Operação – 013
Conta – 00021776-2


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso