.

Polêmica da SEFAZ – Líder de movimento excursionista que encabeça movimento contra o Moda Center integra gestão de empreendimento inspirado no mesmo

Nas redes sociais, Shill Sousa promove o Mucuripe Moda Center e lidera movimento de boicote contra o parque de feiras de Santa Cruz do Capibaribe e contra o Estado de Pernambuco.
Usuários do Mucuripe Moda Center parabenizam Shill pelo bom desempenho na administração do centro de compras – Foto: Reprodução
Essa semana comerciantes do município de Santa Cruz do Capibaribe, situado no Agreste, voltaram a se preocupar com as ameaças de uma nova greve por parte de excursões que partem principalmente de estados como Maranhão, Piauí, Pará e outros. Presidente da AGTURCO – Associação dos Guias de Turismo Comercial do Norte e Nordeste, Shill Sousa iniciou um movimento nas redes sociais onde convoca líderes e excursões e compradores e buscarem o empreendimento Mucuripe Moda Center, situado em Fortaleza (CE), como opção de compras.

De acordo com Shill, a sua iniciativa se deu pelos exorbitantes impostos cobrados na saída das mercadorias de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretaria da Fazenda (SEFAZ-PE). Shill exige que os impostos sejam amenizados, caso contrário, sustenta que seguirá com a mobilização contra o Polo de Confecções de Pernambuco.

As declarações da líder de movimento excursionista caíram como uma bomba na região Agreste de Pernambuco. De imediato, comerciantes da cidade iniciaram uma busca desenfreada por informações nos meios de comunicação, temendo inclusive o desenrolar das próximas feiras.

Programa que reduz impostos

Atualmente o comércio em Santa Cruz do Capibaribe já conta com o Expresso da Moda, um programa fiscal que fornece notas com um percentual irrisório de 2%, bem abaixo do que antes era cobrado na fonte. A saída das mercadorias do Moda Center, por exemplo, já contam com um desconto imensamente inferior ao que era cobrado nos pontos de fiscalização.

Acusada de oportunismo
Publicações da líder excursionista são claramente voltadas para o boicote ao Moda Center Santa Cruz e direcionamento para Fortaleza – Foto: Reprodução
Nas redes sociais, um grupo de comerciantes de Santa Cruz do Capibaribe e Toritama fizeram duras declarações contra Shill Sousa, líder do movimento. De acordo com publicações feitas em sites e redes sociais, Shill é na verdade uma das integrantes da administração do Mucuripe Moda Center, empreendimento citado no início dessa matéria e que possui o seu desenvolvimento estrutural inspirado no Moda Center Santa Cruz, um dos maiores empreendimentos do Brasil na atualidade.

De acordo com os comerciantes, a ideia de Shill seria boicotar o período de grande atividade do Moda Center, registrado pela alta temporada de final de ano, e direcionar clientes intencionalmente para o Mucuripe Moda Center, que inclusive tem registrado uma movimentação pequena nos últimos dias.

Moda Center Santa Cruz

Apesar de inconsistências na economia do Brasil como um todo, o Moda Center Santa Cruz conseguiu registrar bons números nas últimas semanas impulsionado pela aproximação de Natal e Ano Novo. O grande fluxo de clientes registrado em todos os finais de ano levou inclusive o parque a alterar o calendário de feiras acrescentando o sábado ao cronograma dos compradores.

A nossa reportagem buscou contato com Shill Sousa através de uma rede social, porém até o fechamento dessa reportagem a mesma não havia se pronunciado sobre os últimos acontecimentos.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso