.

Nota - Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretaria de Planejamento e Gestão vem esclarecer alguns pontos relacionados ao conteúdo veiculado por este meio de comunicação. Na matéria está equivocadamente apresentado o relatório de gestão fiscal do segundo quadrimestre de 2016 como se fosse o de 2018, e se for verificar no quadrimestre seguinte do apresentado na matéria, a prefeitura conseguiu o patamar de 53,03%.

Já no primeiro quadrimestre de 2018, a gestão fiscal apresentou índices de 62.69% e com este percentual, foram tomadas variadas ações para redução dos números que vem caindo vertiginosamente, visto que já no segundo quadrimestre deste ano, a referência já teve uma queda considerável com um percentual de 60,51% o que evidencia já resultado claros para que possamos chegar ao patamar exigido por lei já nos próximos quadrimestres.

Embora ainda esteja acima do percentual de 54%, o poder público municipal vem tomando medidas para se enquadrar neste índice, e ressalta-se que mais de 80% das cidades brasileiras estão fora desse patamar, fatos que não somente tem como base o aumento de pessoal, e sim, a redução de receitas correntes.

Outro fato colocado de forma equivocada, é o somatório do excedente gerado pois não é correto em gestão fiscal, simplesmente somar o excedente dos quadrimestres, porque o montante tem inúmeras variáveis que podem obviamente aumentar ou apresentar redução. Desde já reforçamos que a gestão está realizando todos esforços necessários para a adequação, e este é o fator que fica mais do que claro na queda dos números acima apresentados.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso