.

Investida de criminosos em Santa Cruz do Capibaribe termina com um dos ladrões morto

Efetivo reforçado impediu que terror se prolongasse durante a madrugada.
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Na madrugada desta sexta-feira (19), um grupo de criminosos fortemente armado esteve novamente em Santa Cruz do Capibaribe, onde investiu contra pelo menos duas agências bancárias, sendo o banco Santander e o Banco do Brasil.
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
A ação dos assaltantes durou vários minutos e houve troca de tiros entre policiais e criminosos. Um dos pontos destacados pela polícia é que o efetivo estava reforçado na cidade durante a madrugada e pelo menos um assaltante foi baleado e morto.
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
A nossa reportagem esteve nos três locais alvos das ocorrências da madrugada e constatou inclusive o estado de pânico dos moradores que mais uma vez foram submetidos ao confronto do crime organizado.
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Repetindo o que foi feito em outras investidas, o assaltantes também tentaram fazer bloqueios nas rodovias próximas com grampos de metal e também incendiaram automóveis na expectativa de dificultar o trabalho do efetivo policial.
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
De acordo com uma das moradoras da Avenida Padre Zuzinha, os criminosos chegaram ao local atirando nas câmeras de vigilância e também atingiram residências.
"Foi uma coisa absurda, aterrorizantes. Mais uma vez tivemos a nossa fé posta a prova quando ficamos sem saber o que aconteceria no minuto seguinte. Foi muito, muito tiro. Eu nunca na minha vida vi algo tão assustador", ressaltou a aposentada de 71 anos.
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
A Polícia Civil ainda está trabalhando para apurar a identidade do criminoso morto. O mesmo estava usando uma touca ninja no momento do crime, porém durante o tiroteio acabou tendo o rosto desfigurado por disparos. Este fato deverá influenciar na identificação do mesmo.
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Um outro morador que estava em um posto de combustíveis próximo de onde o ladrão foi executado falou com a nossa reportagem e detalhou o que viu.
"Eu estava com uma turma no posto quando tudo começou. Foi muita correria e muitos tiros. Quando o ladrão viu que ia ser abatido ele gritou que estava com reféns, mas era mentira e o policial percebeu. Foi quando ele foi atingido e morreu", contou o jovem.
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
A polícia irá agora pela manhã periciar as agência e apurar mais detalhes sobre o que foi roubado das mesmas. Ainda não é possível precisar quantias. Um outro detalhe é que duas pessoas acabaram sendo detidas após o ocorrido por estarem saqueando dinheiro roubado das agências. As identidades de ambos não foram informadas.
Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Confira a nossa cobertura do ocorrido:



Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso