.

UESCC discute redes sociais e depressão com estudantes da rede pública de ensino

Foto: Divulgação
Com o avanço da tecnologia, surgem também inúmeras ferramentas para usabilidade das pessoas. Dentre essas ferramentas, podemos citar as redes sociais como Facebook, Instagram e Whatsapp. Citaremos essas três, pois são as mais utilizadas na atualidade. Enfim, com a popularização dessas redes, ficou mais fácil, rápida e prática a comunicação entre as pessoas. No entanto, como tudo na vida, essa praticidade também tem seu lado bom e ruim. Bom porque “reaproxima” as pessoas, ao mesmo tempo em que as distancia também. Pois, tornou-se comum as pessoas não mais se telefonarem, por exemplo.

Tais “facilidades” precisam ser discutidas em todas as suas especificidades. Uma delas é observar os impactos que essas redes podem causar na vida do ser humano. Para tanto, o Instituto da União dos Estudantes de Santa Cruz do Capibaribe – UESCC iniciou um projeto para discutir esses impactos na vida dos estudantes da rede pública de ensino.

O Projeto “Conversas no Jardim” reuniu estudantes do Ensino Médio da Escola Estadual Padre Zuzinha para discutir o tema Redes Sociais e Depressão, com a Psicóloga Kátia Mota. O intuito do projeto, além de comemorar o mês do Estudante, uma vez que o dia do Estudante é comemorado no dia 11 de agosto, visa também o diálogo com os alunos, a fim de os fazer entender que é possível usar as redes sociais sem cometer excessos, sabendo dividir o seu tempo entre uso da internet e os estudos.

Por Betto Aragão


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso