.

PT Nacional neutraliza Marília Arraes

Em coletiva de imprensa, PT Pernambucano diz que manterá propósito.
Foto: Folhapress
Recife – Após meses de um crescimento indiscutível, Marília Arraes (PT) teve a sua sentença decretada nas últimas horas. Tida como uma das raras e únicas chances do Partido dos Trabalhadores de liderar a disputa para governador em Pernambuco, a neta do ex-governador Miguel Arraes viu suas chances de disputar as eleições como candidata escaparem pelas mãos após um acordo firmado entre o PT Nacional e o Partido Socialista Brasileiro (PSDB.

A confirmação da aliança veio através de uma nota da Comissão Executiva Nacional do PT confirmando o apoio ao PSB. Em coletiva concedida na sede da CUT em Recife, Marília afirmou que não há condições de subir ao mesmo palanque do PSB. 
"Há um ano, o Diretório Estadual definiu que o PT teria candidatura própria. Politicamente, nada mudou. Temos aqui em Pernambuco um governo ruim, um governador extremamente desgastado [...] o que reflete diretamente na gestão”, disse e prosseguiu, “Conseguimos fazer a defesa do presidente Lula, principalmente com a capilaridade que nos apoiou dos sindicatos. [...] Isso assustou nossos adversários que, hoje, estão tentando se manter a todo custo no poder”, concluindo.
Apesar dos pesares, Marília afirmou que não trabalhará com plano "B" e que deverá sim manter a candidatura ao governo do estado. O apio do PT ao PSB refletiu negativamente em diversas esferas do partido pelo Brasil afora.

Confira a coletiva:



Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso