.

Júlio Lóssio busca inserir classe contábil de Pernambuco no debate sobre a transparência da gestão dos recursos públicos estaduais

"É importante esse olhar para o aspecto tributário", destaca Ítalo Mendes, presidente do SESCAPPE.
Foto: Divulgação
Na quarta-feira (29), os candidatos a governador e vice pela REDE em Pernambuco, Júlio Lóssio e Luciano Bezerra, acompanhados da candidata ao Senado Adriana Rocha, também da REDE, entregaram o plano de governo no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). A chapa foi a primeira a apresentar a planilha de propostas ao órgão competente.

Em seguida, os candidatos seguiram para audiência com os Presidentes do CRC - Conselho Regional de Contabilidade e do SESCAPPE - Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Estado de Pernambuco, onde também entregaram o plano de governo.
A inserção da classe contábil no debate eleitoral é de suma importância, de acordo com o candidato Luciano Bezerra – que também é contador – "a classe contábil tem um importante papel para contribuir não só com a transparência da gestão dos recursos públicos, mas também poderá exercer um papel importante na desburocratização da máquina estatal para o desenvolvimento econômico do Estado".
Para Julio Lossio candidato ao Governo, "é preciso que a classe contábil esteja participando de fóruns permanentes de discussões que visem alterar a legislação tributária do Estado e contribuírem para a desburocratização existente".
O presidente do SESCAP-PE, Ítalo Mendes, destacou a importância de receber o plano de governo e poder avaliá-lo neste período de decisões em todo o estado.
"É uma satisfação estar recebendo o plano de governo de Júlio Lóssio e Luciano Bezerra. É importante esse olhar para o aspecto tributário do estado para fomentar o crescimento e o desenvolvimento econômico de Pernambuco. É imprescindível estar junto e próximo da classe contábil, pois com certeza o profissional contábil é o mais capacitado e gabaritado para colaborar no aspecto tributário, tanto dos contribuintes como também para o Governo do Estado", destaca Ítalo Mendes, presidente do.
Ainda em entrevista ao Blog, Ítalo destacou a proposta de Júlio de instituir uma taxa única para o processo de regularização. Na visão do mesmo, isso dará mais mobilidade ao desenvolvimento de Pernambuco.
"É importante que o governador esteje atento para escutar essas demandas, porque essas demandas são trazidas pelos principais usuários e tomadores dos serviços públicos em todas as esferas, tanto da Receita Federal, da Secretaria da Fazenda, que interessam diretamente ao Governo do Estado como as prefeituras dos municípios. Essa proposta mesmo do plano de governo de Júlio Lóssio de instituir uma taxa única para todo o processo de regularização, é de fundamental importância para ganhar agilidade no desenvolvimento e no crescimento do estado", concluiu ítalo.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso