.

Decepcionado, Jucá deixa liderança do governo Temer e FBC deve assumir espaço

Senador pernambucano atualmente está engajado na eleição e reeleição de dois filhos.
Foto: Divulgação
Na última segunda-feira (27), o líder do governo Michel Temer (MDB) no Senado, Romemo Jucá (PDB-RR) anunciou que estava deixando o posto de defesa ao presidente. O comunicado se deu mediante a insatisfação do mesmo com a indiferença do presidente quanto aos problemas que ocorrem em Roraima por conta de emigração de venezuelanos.

Diante da saída de Jucá, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) é quem deverá assumir o posto em defesa de Temer na Casa. Atualmente FCB tem dividido o seu tempo entre o mandato no Senado e as eleições de dois filhos, sendo Fernando Coelho Filho para Câmara Federal e Antônio Coelho para uma vaga na Alepe.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso