.

Empresário de Santa Cruz do Capibaribe esclarece boatos sobre suposto lanche com larvas

Foto: Jota Lima
Na última segunda-feira (04), um empresário que reside e atua no município de Santa Cruz do Capibaribe esteve em um programa de rádio de uma emissora local para esclarecer um fato ocorrido no início desta semana. Na ocasião, uma pessoa no intuito de prejudicar o estabelecimento divulgou imagens de um lanche que teria sido supostamente adquirido no estabelecimento do mesmo, fato este que não aconteceu.

Nas imagens que viralizaram na internet, sobretudo em grupos do WhatsApp, o que aparenta ser um salgado encontra-se repleto de larvas, situação que intrigou diversos internautas. 'Bodinho', como é popularmente conhecido o empresário, destacou que o estabelecimento do mesmo não comercializa salgados e o lanche exposto na ocasião também não se trata de um produto adquirido no estabelecimento do mesmo.

Em conversa com os apresentadores Jota Lima e Erivaldo Silva, do 'Resenha Popular', o comerciante lamentou o ocorrido e disse já identificou a pessoa responsável pela divulgação das imagens e que a denunciou a polícia.
"Quando a gente ficou sabendo e chegou até as pessoas que fizeram essa maldade – porque isso é uma maldade, né – nas imagens a gente pode ver que o recheio é de coxinha, não de cachorro-quente. E até porque a gente trabalha com lanche feito na hora, e lanche feito na hora tirado de dentro de fogo, não tem como uma larva estar viva dentro do fogo. Muito desagradável", disse.
Imagem mostra lanche comprado em Santa Catarina – Foto: Divulgação
O empresário ressaltou ainda que não conhece os responsáveis apontados como os autores do ato, e por isso mesmo não entende por quais motivos fizeram isso com o mesmo. A imagem publicada nos grupos e compartilhada nas redes sociais foi divulgada em uma matéria do dia 17 de janeiro, em Coronel Freitas, município de Santa Catatina entenda o caso.

Para a Polícia Civil, está claro que o produto não foi adquirido no estabelecimento comercial situado em Santa Cruz do Capibaribe, havendo uma clara intenção de difamação do comerciante em questão. O caso ainda será mais amplamente investigado.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso