.

"Já havia dado a palavra", diz Zé Minhoca sobre apoio ao projeto de reeleição de Diogo Moraes

Presidente da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe também comentou sobre projeto que visa reeleição da presidência.
Presidente recebeu nossa reportagem em seu gabinete, na câmara – Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Na manhã desta quinta-feira (03), o Blog do Bruno Muniz entrevistou, com exclusividade, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, José Bezerra da Costa (Zé Minhoca – PSDB), este que tratou sobre a recente polêmica envolvendo um projeto apresentado pelo também vereador Toinho do Pará (PSB), propondo o retorno da reeleição para a Presidência da Casa Dr. José Vieira de Araújo.

Em relação ao tema em questão, o parlamentar ressaltou que concorda e que inclusive vê a viabilidade para que tanto ele como outros possam concorrer de maneira democrática e livre de divergências.
"Em relação ao fato do projeto apresentado por Toinho do Pará, para que fosse incluso em nosso regimento a possibilidade da reeleição do presidente que estivesse no comando na Casa, na legislatura atual por exemplo, nós concordamos sim. Nós não podemos ficar na contramão da história, como não ficamos em relação as reuniões extraordinárias", disse.
Diogo e Edson

Sobre o rompimento entre o prefeito Edson Vieira (PSDB) e o deputado estadual Diogo Moraes (PSB), onde as bancadas situacionista e oposicionista tiveram que tomar posicões por uma ou outra opção, Zé Minhoca destacou que optou por seguir o projeto de reeleição de Diogo, complementando que já havia dado a palavra, expondo que o apoiaria.
"Se criou esse impasse devido a esse tema, e eu não vou ser leviano em negar que houve um impasse, justamente por conta do ano eleitoral. É um ano crucial da minha vida, onde problemas pipocando de todos os lados, conversas paralelas que em nada contribuem para o nosso trabalho, muito pelo contrário, atrapalham. Mas, estamos enfrentando de cabeça erguida e vamos apresentar esse projeto para votação após o mesmo passar pelas comissões que irão constatar se há legalidade no mesmo, ou não", explicou.
Para vereador, reeleição é viável neste momento da atual política municipal – Foto: Paulo Henrique (Agreg Imagem)
Em um dos trechos da entrevista, o presidente apontou que o apoio ao deputado Diogo Moraes era uma postura do grupo situacionista e que havia sido firmada entre todos os membros do grupo, porém em dado momento decisões diferentes do previsto foram tomadas, causando o desconforto visto até então.

"A política é muito dinâmica, então pelo próprio dinamismo que a política em si nos apresenta nós temos que ter foco e ter em mente a nossa preocupação com o município. Já havia dado a palavra há um tempo atrás ao deputado Diogo Moraes, que iria acompanhar a sua candidatura, não só eu, mas todo o grupo. Mas infelizmente aconteceram contratempos ao longo da caminhada e alguns resolveram seguir a orientação de Edson e outros de Diogo. Eu tive uma decisão clara e transparente, sem máculas e sem magoar ninguém. Tanto é que fui claro com Diogo Moraes, que eu o apoiaria sem restrições, apenas com alguns pedidos que fiz", disse o vereador.

Alessandra Vieira

Questionado sobre a pré-candidatura de Alessandra Vieira (PSDB), o político sustentou que não possui qualquer tipo de divergência com a mesma, inclusive ressaltando que a mesma deverá obter sucesso nas urnas. Mas, reforçou o compromisso feito com Diogo e também destacou a carreira do deputado.
"Acredito que Alessandra é um nome excepcional, é um quadro fabuloso que nós temos, será eleita seguramente, assim como Diogo. Diogo tem uma trajetória de serviços prestados a nossa cidade e a nossa região extraordinária. Diogo é um potencial, ele certamente será o futuro presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco", falou entusiasmado.
Encerrando a entrevista, o atual presidente da câmara de Santa Cruz do Capibaribe destacou as escolhas feitas pelo vereador Deomedes Brito (PT) e Marlos da Cohab (PODE), expondo que cada um tem o direito de seguir escolhas diferentes sem deixar espaços para intrigas e atritos prolongados.
"Todos nós temos as nossas razões. Ninguém aqui precisa ficar inventando justificativas, somos responsáveis pelos nossos próprios destinos, devemos satisfações apenas ao povo, e caberá ao povo fazer essa análise mais profundamente.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso