.

Zé Augusto visita distrito de Cavaleiro

Foto: Assessoria de Comunicação
Visando uma grande movimentação em Brasília no mês de maio, onde ocorrerá a votação da PLP 137/2015, projeto que regulamenta a emancipação, fusão, incorporação e desmembramento de municípios no Brasil, o ex-deputado federal José Augusto Maia iniciou visitas aos distritos Pernambucanos que se encaixam nos requisitos do projeto.

Na última quarta (25), Zé Augusto esteve em visita ao distrito de Cavaleiro e Curado, distritos da cidade de Jaboatão dos Guararapes, e que juntos somam cerca de 200 mil habitantes. Acompanhado do Padre Luiz Telmo Feitosa, companheiro de Zé Augusto no movimento Emancipalista, discutiram as necessidades do Distrito e os benefícios que a emancipação traria para a população.
Foto: Assessoria de Comunicação
Zé Augusto comentou a importância do encontro:
“Desde o nosso mandato como Deputado temos ótima relação com Cavaleiro e Curado, distritos que podem se tornar cidades e beneficiar mais de 200 mil pessoas. O Padre Telmo sempre foi um guerreiro junto conosco e por isso, já marcou um evento no próximo dia 10 onde reunirá fiéis e lideranças pastorais do distrito com o objetivo de mobilizar grupos de pessoas para estarem presentes em Brasília no mês de Maio”, destacou.
Foto: Assessoria de Comunicação
Zé Augusto marcou reunião com associação de taxistas, mototaxistas, comerciantes e em seguida esteve também reunido na residência de outro companheiro de luta por emancipação, Salomão Claudino, filho do ex-prefeito de Jaboatão, Severino Claudino e outras lideranças como Edilson Bolinha e Welligton Alves.

Mesmo sem mandato, Zé Augusto destaca-se pela luta Emancipalista que pode ter um desfecho feliz ainda no mês de Maio, quando deverá ter seu projeto aprovado no Congresso Nacional. Distritos como São Domingos e Pão de Açúcar também podem ser beneficiados com o projeto.

Conteúdo da Assessoria

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso