.

Santa Cruz do Capibaribe perde 'Louro Branco'

Poeta repentista e escritor faleceu aos 74 anos no HMV, em Caruaru.
Foto: Divulgação
Faleceu na última quarta-feira (17), no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, aos 74 anos, o senhor Francisco Maia de Queiroz, ou o "Louro Branco", como era popularmente conhecido em Santa Cruz do Capibaribe e região.

Louro Branco foi um importante poeta repentista que exerceu sua função cultural por vários anos. Nascido dia 02 de setembro de 1943 na Vila Feiticeiro no município de Jaguaribe, Ceará, foi pescador, agricultor e vendedor ambulante. Começou a cantar aos 12 anos de idade, residiu em Jaguaribe (CE), Jaguaretama (CE), Coronel João Pessoa (RN), Limoeiro do Norte (CE), Mossoró (RN), Iguatú (CE), Caicó (RN) e atualmente morava em Santa Cruz do Capibaribe.

Cantou em vinte estados do Brasil, com todos os maiores cantadores do Nordeste, participou em mais de 400 festivais, tinha ao todo mais de 700 composições, condecorado como o Maior Cantador do Brasil, título dado pelo famoso poeta compositor e presidente da classe, o baiano Rodolfo Coelho Cavalcante. Chegou a cantar para o ex-presidente José Sarney, publicou dois livros, 1º: A Natureza Falando, e 2º: Da Casca Até o Miolo.

Os problemas de saúde relacionados a morte do artista popular não foram divulgados, assim como o cronograma de velório e sepultamento. Nas redes sociais, a Secretaria de Cultura de Santa Cruz do Capibaribe lamentou o falecimento.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso