.

Mesmo após ter votado contra, Capilé da Palestina defende salários de R$ 9.800,00 para parlamentares

Em abril deste ano vereador havia ressaltado que salários dos políticos eram "pífios e muito defasados".


Na segunda-feira (16), o aumento salarial dos vereadores de Santa Cruz do Capibaribe foi alvo de uma reportagem da TV Asa Branca, filiada a Rede Globo. Na oportunidade, a emissora mostrou não apenas o aumento dos salários dos vereadores para próxima legislatura, mas também de prefeito, vice-prefeito e secretários.

Os salários dos vereadores da Capital da Moda irão de cerca de R$ 6.200 para R$ 12.500. A Câmara Municipal de Vereadores alegou que o aumento está dentro do previsto na lei. Dos 17 vereadores, apenas um votou contrário ao aumento que beneficiará os vereadores que serão eleitos (ou reeleitos) em 2020, nas eleições municipais.

Capilé da Palestina, vereador contrário ao aumento, foi também o único entrevistado pelo programa AB 1. Embora tenha votado contrário ao aumento, Capilé defende que os salários passem de R$ 6.200,00 para 9.800,00, conforte a votação anterior que resultou em ação popular. Em 4 de abril deste ano, Capilé havia ressaltado em entrevista ao programa "Olhando de Frente" que os salários atuais dos edis eram "pífios e muito defasados".

O aumento de salários da classe política de Santa Cruz do Capibaribe passará agora pelas mãos do prefeito Edson Vieira (PSDB), que decidirá se veta, ou sanciona os reajustes.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso