.

O jornalista e colunista político Inaldo Sampaio morreu na madrugada desta segunda-feira (11) aos 64 anos, no Recife.

De acordo com a família, Inaldo lutava contra um câncer e passou mal na noite do último domingo (10). Ele ainda foi socorrido para o Hospital Português, mas sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.
Foto: Divulgação
O jornalista trabalhava na rádio CBN e assianava coluna política Fogo Cruzado, no Diario de Pernambuco. O velório será realizado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Região Metropolitana do Recife a partir das 15h.

Em nota, o prefeito Geraldo Júlio lamentou a morte do jornalista.
"Recebi com muita tristeza a notícia do falecimento do jornalista Inaldo Sampaio. Ele cumpriu por muitos anos a missão de informar a população com correção e grande competência. Era um profundo conhecedor da política de Pernambuco e vai fazer muita falta. Aos tantos parentes e amigos, quero deixar meu abraço e sinceros pêsames."
O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Marco Loreto, lamentou a morte do amigo.
"Inaldo era um amigo que eu conhecia desde o início da minha vida profissional. Estou muito sentido nesse momento de muita dor. Sua experiência e seu conhecimento principalmente na área política vão fazer falta ao jornalismo de Pernambuco e do Brasil”.
O jornalista atuava há 24 anos na comunicação social do TCE. O Tribunal de Contas emitiu uma nota em pesar.
"Nossa solidariedade à esposa Teresa Cristina e aos filhos, Joana e João Marcelo neste momento de tanta dor".
Fonte: Diário de Pernambuco 

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso