.

Prova para presos reeducados tem aumento no número de inscritos em Pernambuco

O número de inscrições de detendo de unidades prisionais de Pernambuco para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja PPL) aumentou segundo dados da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres). 

Em 2019, 1382 presos reeducandos de 23 unidades prisionais e uma cadeia pública do estado se escreveram no exame, o que representa um aumento de 65% em relação a 2018, quando o houve 838 inscritos. 
Presos durante aulas - Foto: ASCOM
O exame realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) é destinado às pessoas privadas de liberdade que não concluíram o ensino fundamental e médio na faixa etária apropriada

Para secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, a educação e o trabalho são grandes aliados no processo de ressocialização. 

As provas serão aplicadas dentro dos complexos penais, nesta terça (08) e quarta (09). Os presos foram escritos pelos seus responsável pedagógico. A secretária também divulgou o número total de presos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ao total, foram inscritos 1.1162 reeducandos de 22 estabelecimentos penais. 


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso