.

Stª Cruz do Capibaribe – Campanha de vacinação contra o sarampo do dia 21 priorizará crianças menores de 5 anos

Imagem meramente ilustrativa
No próximo dia 21 de setembro, Santa Cruz do Capibaribe receberá mais um dia de vacinação contra o sarampo. O dia será de vacinação em toda região, englobando Santa Cruz, e tem como objetivo 'frear' o surto de sarampo que tem avançado por todo o país nas últimas semanas.

Na oportunidade, serão priorizadas crianças com idades entre seis meses e cinco anos. A ideia, de acordo com a organização da campanha, é vacinar o público mais vulnerável a doença. As crianças menores se cinco anos estão inclusas sobretudo se não já tiverem tomado as duas doses da vacina.

Os sintomas

Os sintomas se manifestam entre 10 e 14 dias após a exposição ao vírus e incluem coriza, tosse, infecção ou irritação nos olhos, erupção cutânea e febre alta. Três a cinco dias após o início dos sintomas, uma erupção cutânea explode. Geralmente, começa como manchas vermelhas planas que aparecem no rosto na linha do cabelo e se espalham para o pescoço, tronco, braços, pernas e pés.


O diagnóstico

O diagnóstico clínico do sarampo demanda um histórico de febre de pelo menos três dias e a presença de pelo menos um dos três seguintes sintomas: tosse, coriza ou conjuntivite. Grupos de pequenas manchas brancas no interior da boca, conhecidas como manchas de Koplik, também são um sinal de sarampo. Essas manchas geralmente aparecem dois dias antes da coceira característica do sarampo.

Tratamento

Não há tratamento específico para o sarampo; os pacientes são isolados e tratados por falta de vitamina A, complicações relacionadas com os olhos, estomatite (aftas), desidratação devido à diarreia, falta de proteína e infecções do trato respiratório.

A maioria se recupera em duas ou três semanas, mas entre 5% e 20% das pessoas com sarampo morrem, normalmente por causa de complicações graves, como diarreia, desidratação, encefalite (inflamação no cérebro) ou infecções respiratórias.  As crianças que correm o risco de desenvolver desnutrição moderada a grave recebem apoio nutricional e tratamento.

Vacinação em Santa Cruz do Capibaribe

Infelizmente os adultos não serão contemplados com a vacinação nesta ocasião do dia 21. É importante ressaltar que já existem casos confirmados de sarampo na cidade, muito embora a divulgação por parte dos órgãos competentes neste sentido seja limitada.

As doses de vacina para o público mencionado nesta reportagem deve ocorrer em todos os postos de saúde do município.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso