.

Caminhões pipa voltam a dominar paisagem em Santa Cruz do Capibaribe após mudanças no abastecimento

Uma conta que não fecha – Aproximadamente 11 carros pipa serão designados pela Compesa para abastecer milhares de residências.

No último mês de agosto Santa Cruz do Capibaribe recebeu a informação de que apenas quatro bairros do município iriam continuar recebendo água da Compesa normalmente, os demais, apenas através de caminhões modelo pipa. Atualmente, a principal barragem que dava suporte a cidade, Tabocas, encontra-se em colapso. 

Em entrevistas recentes, o Gerente Regional da Compesa, Bruno Adelino destacou que não há muito o que ser feito a não ser a liberação de água para população através de caminhões pipa. Apesar das recentes chuvas, não houve melhoria nas condições dos reservatórios da região e a situação tornou-se ainda mais preocupante.
Foto: Júnior Porciúncula (Divulgação)
Os bairros que serão abastecidos na Capital da Moda só conseguirão este feito graças ao Sistema do Prata que possui conexão com Pirangi, em Caruaru. A distância entre os dois municípios não permite uma logística rentável para que todos bairros sejam abastecidos. De acordo com a Compesa, há uma perca de água durante o trajeto.

Bairro Novo, São Cristóvão, Centro e São Miguel deverão continuar sendo abastecidos normalmente. Segundo a Compesa, a escolha dos bairros se deu devido a quantidade de prédios públicos essenciais para população que existem neste perímetro. O abastecimento ordenado começou já neste mês de setembro.


O que chama atenção é a baixa quantidade de veículos disponibilizados para Compesa para realizarem o abastecimento da população local, que hoje conta com quase 110 mil habitantes, segundo dados recentes do IBGE. Ao todo, são apenas 11 caminhões ativos pela Compesa para atender a quem precisa de água. O número é claramente desproporcional.

A Compesa sustenta que nos próximos dias deverá concluir um processo de credenciamento que tem como objetivo contratar mais veículos para dar suporte ao abastecimento.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso