.

Como a Avenida Maestro Alexandre se tornou um dos potenciais econômicos de Santa Cruz do Capibaribe

Vias próximas também se desenvolvem de maneira rápida e grande movimentação de pessoas representa avanços, mas também novas demandas a serem atendidas pelo poder público como organização de trânsito e iluminação.
Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
As Avenidas 29 de Dezembro e Prefeito Braz de Lira foram sempre consideradas as principais no que diz respeito a movimentação de comércios durante toda a semana em Santa Cruz do Capibaribe. Porém, com o passar dos anos esta realidade tem mudado de maneira significativa.

O Blog do Bruno Muniz acompanha há alguns anos o crescimento no âmbito econômico de outra avenida, a Maestro Alexandre. Embora tenha sempre sido bem desenvolvida, hoje o trecho que inclusive foi recentemente asfaltado oferece basicamente entretenimento para todos os gostos, desde os mais populares aos mais sofisticados.

Avenida José Francisco De Queiroz e Rua Duque de Caxias, que fazem parte do perímetro, também vivem bom momento no quesito expansão.
Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
Nos últimos meses, vários novos estabelecimentos comerciais foram abertos na avenida e cada vez mais caem no gosto popular como uma alternativa diferenciada de lazer. Lanchonetes, bares conceituais, academia e outros pontos comerciais compõem o ensejo que gera também superlotação.

Para muitos dos frequentadores do local, falta ainda que o poder público empenhe mais ações no perímetro para que a avenida seja motivo não apenas de geração de renda, mas de conforto para os seus frequentadores. O asfalto por exemplo sempre foi incluído nos pedidos por melhorias, mas além dele, muito em infraestrutura se exige.
Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
Hoje quem transita pela Maestro Alexandre se queixa principalmente da grande aglomeração de veículos que ficam nas imediações dos estabelecimentos comerciais, muitas vezes comprometendo o fluxo no local. Esses transtornos são sobretudo gerados pela falta de estacionamentos, largura da via e por último mas não menos relevante, a imprudência dos condutores.
Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
O Blog conversou com frequentadores assíduos da avenida que apontaram também a falta de iluminação pública como uma das problemáticas vivenciadas pelo público. Existem atualmente pelo menos cinco novos estabelecimentos que serão implantados na avenida até o final de 2019.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso