.

Comissão de Saúde na Câmara de Santa Cruz recebe técnicos de enfermagem em reunião; Prefeito e secretário de Saúde foram convocados mas não compareceram

Foto: Assessoria de Comunicação
Na manhã desta quinta-feira, 13 de junho, uma reunião realizada pela comissão de Saúde da Câmara Municipal de Santa Cruz do Capibaribe recebeu representantes do Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Estado de Pernambuco - SATENPE para falar sobre o movimento que está sendo realizado pelos técnicos de enfermagem do município, em que vários profissionais já fizeram paralisação de suas atividades e estão reivindicando melhorias salariais e melhores condições de trabalho.

Organizada pelo presidente da comissão de Saúde, Vereador Deomedes Brito, a reunião contou ainda com a presença dos vereadores Toinho do Pará, Nailson Ramos, Ernesto Maia, Joab Gomes, Marlos Melo e Carlinhos da Cohab, do presidente e do vice-presidente do SATENPE, representantes da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde, além de vários técnicos de enfermagem que buscam melhorias salariais e nas condições de trabalho.
Foto: Assessoria de Comunicação
O prefeito do município, Edson Vieira, e o secretário de Saúde, Nanau Marques, foram convocados para ouvirem as reivindicações das categorias, mas não compareceram.

O presidente do SATENPE, Francis, apontou vários problemas enfrentados pela categoria que representa, destacando o funcionamento inadequado de salas de vacina, onde as vacinas, muitas vezes são acondicionadas de forma errada, colocando em risco a saúde da população.
"E se e vez de imunizar, estivermos contaminando a população?" Questionou.
Os vereadores presentes se colocaram à disposição dos trabalhadores para tentarem resolver os problemas enfrentados aqui no município e várias cobranças foram feitas à gestão municipal.

Confira na íntegra:



Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso