.

Em Pernambuco empresas de construção civil buscam sustentabilidade

Imagem meramente ilustrativa
A sustentabilidade é um tema cada vez mais importante para o mundo atual, sobretudo na construção civil. Afinal, algumas atividades do setor causam impactos ambientais grandes, seja pela quantidade de resíduos que produzem ou pelas modificações feitas nas áreas em que serão erguidos os novos prédios. Por isso, cada vez mais empresas buscam levar soluções que contribuam com um meio ambiente melhor para seus canteiros de obras. Em Pernambuco, algumas das práticas já adotadas são a destinação adequada dos resíduos, a instalação de painéis solares e a oferta de carregadores para veículos elétricos.

De acordo com o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco (Sinduscon-PE), José Antônio Simón, a sustentabilidade realmente tornou-se uma preocupação do setor. Por isso, cada vez mais construtoras seguem preceitos sustentáveis no Estado.
“É um caminho sem volta. E nós já temos canteiros de obras bem sustentáveis, com todas as ações corretas para os resíduos sólidos", afirmou Simón, dizendo que o Sinduscon apoia e discute isso com seus associados. "Precisamos ver além do custo. Ver os retornos gerados”, defendeu.
Entre as práticas mais comuns no segmento no Estado, está o remanejamento correto dos resíduos que são gerados nos canteiros de obras. Segundo o gerente de construção dos empreendimentos da OR na Reserva do Paiva, Victor Amadheo, a construtora trabalha com práticas que reduzem até 50% o uso da água e ainda busca a destinação correta dos resíduos da obra.
“Buscamos modernizar os processos para implantar formas mais sustentáveis, utilizando o mínimo de água, gerando menos resíduos e destinando os resíduos gerados para cooperativas, o que movimenta até mesmo a cadeia do setor. Isso acaba sendo um diferencial para a empresa”, contou.
Mas a atuação das construtoras não fica restrita somente a isso. Algumas também atuam em projetos que ajudam na redução dos custos durante as obras e, posteriormente, podem trazer benefícios aos usuários.

Uma das práticas que vêm tendo boa utilização nesse sentido é a energia solar, que passa por um processo de expansão em todo o País. De acordo com o sócio-diretor da BomTempo Engenharia, Renato Bomtempo, existem soluções para economia de energia tanto durante a obra, quanto depois dela, quando o apartamento já está concluído.
“A energia solar pode ser usada em qualquer unidade consumidora de energia, seja comércio, residência ou indústria, desde que seja adequada ao projeto e as suas especificações", disse Bomtempo, lembrando que o sistema sempre busca uma economia financeira e pode gerar uma economia de até 95% na fatura de energia dos futuros moradores dos prédios.
Ele conta ainda que esse tipo de solução também serve para a valorização dos empreendimentos, por gerar economia nas contas e beneficiar o meio ambiente. 
“A sustentabilidade permite a redução da emissão do CO2 e ainda permite a isenção do aumento da energia. Por isso, é um setor que tem uma perspectiva de crescimento. Só aqui em Pernambuco, temos 28 colaboradores e esperamos contratar mais 12 neste ano”, finalizou.
Com informações da Folha de Pernambuco


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso