.

Radialista Claudemir Nunes é assassinado em Santa Cruz do Capibaribe

Comunicador foi vítima de disparos de arma de fogo.
Foto: Divulgação
Na tarde desta quinta-feira (21), um radialista identificado como Claudemir Nunes Silva (42 anos) foi assassinado na rua José Jerônimo da Silva, bairro São Cristóvão, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste pernambucano. A vítima estava saindo de uma emissora de rádio onde trabalhava, no momento em que o criminoso abordou o mesmo e efetuou vários disparos de arma de fogo que atingiram a vítima na região da cabeça e em um dos braços.
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Testemunhas disseram que o criminoso exigiu que o radialista ficasse de joelhos antes de ser assassinado. Os disparos atingiram um dos braços e principalmente a cabeça da vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas ao chegar ao local constatou que o corpo já estava sem vida. A Polícia Militar esteve no local e realizou o isolamento da área para que fosse realizada então a perícia.
Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)
Após o assassinato, o criminoso seguiu em direção a Avenida Vinte e Nove de Dezembro, que é uma das principais da área central da cidade. Filmagens de câmeras de circuitos externos de seguranças e depoimentos estão sendo coletados para que auxiliem nas investigações. A motivação para o crime é até o momento desconhecida, mas a Polícia Civil acredita em crime de execução, já que vários aspectos apontam para isso.

Claudemir possuía um extenso currículo na área de comunicação, já tendo passado por emissoras com a Estação Sat, Polo FM, Comunidade FM e São Domingos FM, algumas das principais da região. Nas redes sociais, amigos e companheiros de trabalho lamentaram o ocorrido com o comunicador. Muitos também pediram rapidez na elucidação do crime.

Além das apresentações de programas cotidianos, Claudemir também fazia trabalhos com locuções que circulavam em toda a cidade através dos populares veículos de som. Em toda cidade, a sua voz era algo comum de se ouvir devido ao grande número de trabalhos que o mesmo realizava.

Claudemir residia na popular Rua Quatro, bairro São Cristóvão, também em Santa Cruz do Capibaribe. O cronograma de velório e sepultamento ainda não foram informados pela família. 

Confira a nossa live sobre o caso:




Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso