.

SENAI de Pernambuco abre 1,2 mil vagas em cursos

SESI e SENAI oferecem ainda o Programa de Educação Básica articulada com a Educação Profissional (EBEP), com 410 matrículas já confirmadas para 2019. Com essa iniciativa, estudantes de baixa renda podem cursar, gratuitamente, o ensino médio no SESI e um curso técnico no SENAI, simultaneamente. Um dos exemplos de estudantes que passaram pelo EBEP é o do pernambucano Lucas Justino, de 20 anos.

Morador do Recife, Lucas iniciou os estudos no SESI. Paralelamente ao ensino médio, fez curso técnico em Química no SENAI. Ele conta que não conhecia a área antes de iniciar a formação, mas logo tomou gosto pelo conteúdo.
“Falando do SENAI, eu cursei técnico em Química. Pude ver uma área que até pouco tempo antes eu desconhecia, mas quando eu fui ver na prática a forma como era passado, foi algo que agregou e fez eu gostar mais ainda. O técnico em química foi enriquecedor”, diz.
Ao longo do curso técnico, Lucas conseguiu estágio na área de farmácia de manipulação, como menor aprendiz, o que depois do período de formação virou profissão. Para ele, o tempo dentro da rede do Sistema S o deu não só formação profissional, mas também pessoal.
“O EBEP foi muito importante para o meu crescimento profissional e como pessoa também. Conheci pessoas maravilhosas do SESI e SENAI. Coordenadores, professores, que puderam aumentar meu conhecimento, me tornar uma pessoa mais profissional”, conclui.
O coordenador do Centro de Políticas Públicas do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), Naercio Menezes, liderou um estudo sobre o desempenho da rede SESI e das demais redes de ensino, em 2017. Para ele, gestão e qualidade dos professores colocam a rede do SESI à frente das demais instituições de ensino.
“Seria importante para a sociedade se o SESI conseguisse transferir a tecnologia de gestão aplicada nas escolas que são bem-sucedidas, para a rede pública, que atende muito mais alunos em todo o país. O que mais precisamos no Brasil é melhorar o aprendizado dos nossos alunos. Temos uma parcela muito grande dos estudantes que não sabem ler nem escrever mesmo no terceiro ano e que chegam no Ensino Médio com conhecimento muito ruim em Matemática", diz Naercio.
Corte de recursos

No entanto, o futuro das entidades do Sistema S, do qual fazem parte SESI e SENAI, pode estar ameaçado. Isso porque o Governo Federal, ainda no final do ano passado, sugeriu cortar verbas do repasse financeiro feito anualmente ao Sistema, como parte do esforço para controlar as contas públicas.

O governo ainda não confirmou valores, mas de acordo com as sinalizações, os cortes no total repassado ao Sistema podem variar de 30% a 50%.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso