.

"Aprenda a dizer não" — Por Lucas Andrade

Algumas mães dizem; Sr. Conselheiro, o que faço com meu filho, ele não me atende, não me obedece, não sei o que fazer, me ajude!  
Nesse mundo contemporâneo em que vivemos, observamos que a era tecnológica tem tido um impacto muito grande no seio familiar, onde muitas crianças não saem mais a rua para brincar e vivem trancadas dentro de casa aprisionadas nas máquinas computadorizadas.

Recebo constantemente muitas mães que alegam ter dificuldades em educar seus filhos, pois percebo que na maioria delas existe uma grande preocupação em não traumatiza-los ou frusta-los de seus desejos, tratando-os como  reis e rainhas do lar, isso mesmo, não são tratados como príncipes ou princesas, mas como reis e rainhas! 

Repondo da seguinte maneira, ou você impõe LIMITES ou eles não terão limites, mostre que quem manda é você, afinal de contas, quem paga as contas ?  se for você quem manda ta ótimo e se não for, sabe o que acontece ? Eles não terão respeito em lugar nenhum, seja em qualquer ambiente social, principalmente na escola, onde recebemos gestores alegando um comportamento inadequado de alguns alunos, e não só isso, como também uma má formação educacional de seus pais que acaba desrespeitando a equipe pedagógica assim como colegas da sala de aula, e que depois de esgotados todos os recursos escolares fazem comunicação ao Conselho Tutelar solicitando providencias. 

APRENDA A DIZER NÃO!

Uma criança que não sabe o valor do que entra dentro de casa através dos sacrifícios de seus responsáveis não pode e nem deve dominar o lar, cresce uma criança como dizia minha avó, sem tutano, sem força de vontade e desmotivada, acostumada a tudo sem esforço próprio, esgotando as energias de quem cuida dela. 

Quando elas não são limitadas, acabam gerando dentro de si uma imagem de que quem manda são elas, ou seja, papeis invertidos, onde a criança manda e os pais obedecem, e isso não é bom para os pais nem para os filhos. Ponha limites no game, no futebol, no celular, na internet, é aquela coisa né, ou você domina ou será dominado, EDUQUE BEM É SEU DEVER!  

A lei é muito clara em relação a quem é dado o dever de educar os filhos, observemos o que diz o ART. 22 do Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei 8.069/90. 

ART. 22. Aos pais incumbe o dever de sustento, guarda e EDUCAÇÃO dos filhos menores, cabendo-lhes ainda, no interesse destes, a obrigação de cumprir e fazer cumprir as determinações judiciais.

Parágrafo único. A mãe e o pai, ou os responsáveis, têm direitos iguais e deveres e responsabilidades compartilhados no cuidado e na EDUCAÇÃO da criança, devendo ser resguardado o direito de transmissão familiar de suas crenças e culturas, assegurados os direitos da criança estabelecidos nesta Lei. (Incluído pela Lei nº 13.257, de 2016)

Portanto caros amigos, pais, tutores e responsáveis, nada de achar que quem deve educar seus filhos é a escola, o papel da escola é passar conteúdo escolar. Valores, crenças, educação moral e respeito são deveres dos PAIS OU RESPONSÁVEIS.

Por Lucas Andrade
Conselheiro Tutelar


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso