.

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe cancela festas após justiça exigir o pagamento de funcionários

Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe emitiu, na manhã desta sexta-feira (21), uma nota onde confirma a suspensão de eventos que seriam realizados na cidade em virtude dos festejos de final de ano. A decisão se deu após uma recomendação do Juiz da Vara da Fazenda Pública que exigiu o órgão público pague o 13º dos servidores antes de realizar qualquer tipo de festividade que gere despesa aos cofres públicos.

Sobre a questão, a prefeitura alega:
A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe recebeu determinação do Juiz da Vara da Fazenda Pública para a não realização dos festejos neste final de ano que gerem despesas aos cofres municipais. A gestão informa que irá acatar imediatamente a determinação, contudo, informa que todas as medidas para atenuar os efeitos causados pela crise financeira estão sendo realizados pelo poder público municipal.

Na área da cultura, desde 2013, foi implantado o calendário das festividades, a fim de enaltecer a cultura local e com isso impulsionar o turismo, através das festas realizadas ao longo dos anos. Contudo, é inegável que os Municípios vêm sofrendo uma crise econômica durante algum tempo, em virtude disso ocorreu a diminuição das receitas recebidas, o que acabou ocasionando inúmeras dificuldades na maioria das prefeituras de todo país.

Diante desta liminar, que será integralmente respeitada, ficam suspensas as festividades (com bandas) do Natal de Poço Fundo, aniversário da cidade e final de ano. Informamos que as programações culturais que contam com o próprio quadro da prefeitura como cantatas, inaugurações e homenagens alusivas aos 65 anos de emancipação política da cidade serão divulgadas nos meios de comunicação.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso