.

Adolescentes da Funase recebem liberdade em audiências concentradas

Mutirões, que buscam agilizar avaliação de processos, beneficiaram socioeducandos da Casem Caruaru e da Casem Rosarinho.
Foto: Divulgação
Socioeducandos de duas Casas de Semiliberdade (Casem) da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) foram contemplados com audiências concentradas promovidas pela Justiça. Na Casem Caruaru, no Agreste do Estado, dez adolescentes ganharam a liberdade. Já na Casem Rosarinho, no Recife, sete jovens foram liberados. Os mutirões têm o objetivo de dar celeridade à avaliação dos processos dos adolescentes com base em relatórios sobre a participação deles em atividades pedagógicas.

Dos 11 socioeducandos da Casem Caruaru participantes da ação, dois receberam a extinção da medida socioeducativa que cumpriam, e oito, a liberdade assistida, ou seja, puderam voltar para casa, mas terão que se apresentar periodicamente à Justiça. Um adolescente terá que prestar serviços comunitários. Apenas um participante da audiência continuará na unidade. Já na Casem Rosarinho, seis adolescentes receberam a extinção da medida, um, a liberdade assistida, e 12, indultos de Natal.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso