.

Por falta de salários, profissionais da coleta de lixo realizam paralisação em Santa Cruz do Capibaribe

Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
Os moradores do município de Santa Cruz do Capibaribe mais uma vez se depararam com o acúmulo de lixo nas ruas essa semana. A deficiência na coleta dos resíduos domésticos se dá por uma nova paralisação liderada pelos profissionais que realizam o trabalho de limpeza pública.
Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
Na manhã desta terça-feira, 14, um grupo de profissionais esteve na Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe onde buscou por informações sobre a atual situação salarial da classe. Na ocasião, os funcionários que integram o sindicato dos coletores de lixo alegam que as mensalidades não são pagas em dia e que as cestas básicas, um direito da categoria, há meses não é mais paga.
Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)
Os coletores conversaram com a nossa reportagem e também detalharam que não recebem bônus pelas horas adicionais de trabalho, quase sempre necessárias devido a grande demanda de lixo nas ruas. A prefeitura sustenta que os repasses estão sendo feitos normalmente para empresa Vialim, responsável pelo pagamento e gerenciamento do setor de coleta de lixo.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso