.

Ministério Público Eleitoral dá parecer favorável e mantém candidatura de Lóssio

Rede havia tentado expulsar candidato ao Governo de Pernambuco após o mesmo receber adesão de apoiadores de Bolsonaro.
Foto: Divulgação
Nesta quarta-feira (03), o Ministério Público Eleitoral julgou improcedente o pedido de expulsão de Júlio Lóssio do Partido Rede Sustentabilidade e o seu respectivo impedimento de disputar as eleições ao Governo de Pernambuco. O pedido da Rede se deu após Lóssio receber apoios de eleitores de Jair Bolsonaro (PSL), opositor de Marina Silva (Rede) na disputa da Presidência da República.

O procurador regional eleitoral entendeu que o pedido de expulsão de Lóssio feito pela Executiva Nacional da Rede não tinha procedência pelo fato do mesmo não ter desrespeitado as regras eleitorais. Mesmo após o pedido Lóssio não havia interrompido a campanha e inclusive chegou a somar mais pontos nas pesquisas que foram realizadas após o ocorrido.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso