.

Em passagem por Pernambuco, Marina Silva vivencia isolamento

Baixa relevância para com a passagem da presidenciável pelo estado atribui-se ao seu afastamento do candidato Lóssio, que disputa o Governo de Pernambuco.
Foto: Assessoria de Comunicação
Desde que a REDE Sustentabilidade em Pernambuco decidiu tentar retirar a candidatura de Júlio Lóssio ao Governo de Pernambuco por ele ter recebido a declaração de apoio do candidato a Deputado Federal Coronel Meira e de Gilson Machado, ambos organizadores da campanha de Bolsonaro, a campanha de Marina Silva em Pernambuco sofreu considerável queda de musculatura.

Na última segunda-feira (01), no dia em que seis membros da executiva estadual da REDE em Pernambuco resolveram levar o partido para apoiar a candidata ao Governo Daniela Portela, do PSOL, Marina Silva veio a Pernambuco na festa de comemoração dos 100 anos da Igreja Assembleia de Deus e ficou praticamente isolada.
Foto: Assessoria de Comunicação
As inconsistências apresentadas no processo de expulsão de Júlio Lóssio do partido levaram a campanha da Marina Silva e enfraquecer também em Pernambuco, um estado que poderia representar considerável diferença no resultado da eleição na região Nordeste. Ainda em Pernambuco, Marina também passou por Goiana.


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso