.

Caruaru recebe 7ª Semana da Saúde Bucal

Atendimento gratuito será oferecido de 23 a 25 de outubro, das 9h às 17h, no Shopping Difusora. A ação já atendeu 3,5 mil pessoas


Segundo pesquisa desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2018, mais da metade dos brasileiros não costuma ir ao dentista anualmente. Contrariando a recomendação de uma visita ao profissional a cada seis meses, a população tem negligenciado e colocado em risco sua saúde de maneira geral. Com o objetivo de contribuir para que esta realidade seja transformada, a 7ª Semana da Saúde Bucal será promovida em Caruaru.

A Semana da Saúde Bucal é uma realização da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), do Centro Universitário Tabosa de Almeida (Asces – Unita) e do Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco (CRO – PE) e conta com o apoio do Shopping Difusora. Consultas, orientações e palestras fazem parte da programação que proporciona e amplia as oportunidades de acesso a saúde bucal. Além disso, a iniciativa alerta para a importância da higiene diária no combate as doenças que atingem a cavidade bucal.

Durante os três dias de evento, as pessoas passam por procedimentos e são orientadas por estudantes e profissionais de odontologia da Asces-Unita sobre como cuidar adequadamente da saúde da boca e dos dentes. Os casos mais graves serão encaminhados à clínica odontológica do Centro Universitário. Nesta terça-feira, 23, o público infantil será o foco do atendimento. Uma equipe de odontopediatria irá conduzir as atividades e fazer a triagem de pacientes. Palestras educativas sobre atenção à saúde bucal infantil serão ministradas com a participação do Projeto de Extensão Mestres do Sorriso.

Nesta quarta-feira, 24, a campanha irá contar com parte da capacidade das clínicas odontológicas da Asces – Unita no evento. Além disso, triagens e atendimentos de pacientes adultos serão realizados. Encerrando a programação, nesta quinta-feira, 25, a equipe do Projeto Asa Branca de Combate ao Câncer de Boca alerta sobre prevenção e diagnóstico precoce deste tipo de doença que é um dos mais agressivos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada ano, 300 mil pessoas são diagnosticadas em todo o planeta, e as mortes chegam a 145 mil.

“A odontologia ainda é uma área da saúde que provoca muito medo nos indivíduos e o acesso a um especialista não é algo fácil para muitos brasileiros por diversos fatores sociais. Todas as ações que procuram reduzir esta distância têm um papel social necessário, pois as informações em saúde de qualidade são uma poderosa ferramenta de transformar realidades”, destaca o responsável pela Semana da Saúde Bucal, o cirurgião dentista Daniel Saturnino.



Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso