.

Após denúncias de Capilé da Palestina, Compesa trabalhará para solucionar problemas de desabastecimento de água em Santa Cruz do Capibaribe

Foto: Assessoria de Comunicação
O vereador de Santa Cruz do Capibaribe, Capilé da Palestina (Podemos), comemorou o resultado de uma ação que apresentou ao Ministério Público contra a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em relação ao não abastecimento de água em alguns bairros da cidade. 

De acordo com a denúncia apresentada pelo parlamentar em julho, os bairros Malaquias Cardoso, Arcoverde, Gavião, Oscarzão, Neco Aragão e Palestina, não contam com o abastecimento de água há um bom tempo. Segundo o vereador, após audiência, a Compesa deu sinais de que solucionará as problemáticas apontadas por sua denúncia. 

Perante o Promotor de Justiça, Dr. Carlos Eugênio, durante audiência extrajudicial realizada no último dia 18 de setembro, o gerente regional da Compesa, Bruno Adelino, e o agente de saneamento da Compesa, José Romeu, reapoderam a alguns pontos presentes na ação e se comprometeram em garantir o abastecimento nas localidades.

De acordo registros da audiência, os representantes da companhia esclareceram ao promotor que dentro de alguns dias, a situação de desabastecimento dos bairros da Palestina e Arcoverde, estará regularizada, já que a tubulação danificada pelas obras da PE-160 já foram reparadas. 

Já em relação ao bairro Malaquias Cardoso, os representantes afirmaram que a tubulação está sendo restaurada, e as obras tem previsão de conclusão no início de outubro, tal como o bairro do Oscarzão, que terá a tubulação reparada, em uma obra orçada em 100 mil reais. Por fim, os mesmos confirmaram que o bairro Neco Aragão não possui tubulação, mas que a rede de abastecimento será implantada, porém, não definiram prazo para isso. 

O bairro da Palestina, por exemplo, não recebe água a cerca de 7 anos. "É gratificante ver o nosso trabalho trazendo resultados positivos para o povo de Santa Cruz do Capibaribe. Espero que o compromisso firmado pelos representantes da Compesa, fruto de nossa ação junto ao Ministério Público, seja efetivado e que o povo seja beneficiado como deve ser. Vou continuar cobrando e atento a essas questões", disse o vereador.

Conteúdo da Assessoria


Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso