.

Análise Psicológica: Esquizóide.

Olá, amigos leitores do Blog-Santa-cruzense.

É com muita satisfação que venho vos escrever mais um artigo para este blog, dando continuidade na categoria Transtorno de Personalidade e conhecer mais um tipo chamado: ESQUIZÓIDE.


TRANSTORNO DE PERSONALIDADE ESQUIZÓIDE
''Amigos leitores, vocês devem estar já pensativos e bastante curiosos pra saber se esse transtorno tem a ver com alguém esquisito, até mesmo pela semelhança dos termos. Quem pensou assim, acertou... é isto mesmo!''
O Sujeito portador de Transtorno de Personalidade ESQUIZÓIDE é identificado por ter um comportamento esquisito e principalmente ISOLADO. Eles tendem se negar, ou matar qualquer tipo de intimidade com outras pessoas, para preservar o isolamento e autonomia, uma vez que estes indivíduos veem a si mesmos como vulneráveis, ou seja, se sentem especialmente sujeitos a um ataque pessoal ou verbal vindo de outra pessoa na qual ele permita aproximação, sendo assim, tais indivíduos se veem auto-suficientes e valorizam a independência e as atividades solitárias. Comumente preferem executar atividades solo, negando a participação em grupos, uma vez que está em grupo remete a intimidade e compartilhamento de ideias.

As pessoas portadoras deste transtorno podem ter pensamentos do tipo:

“Eu sou, basicamente, uma pessoa sozinha”
“Relacionamentos íntimos com pessoas são frustrantes e complicados”
“Eu consigo fazer melhor as coisas, se não for perturbado pelos outros”
“Relacionamentos íntimos interferem na minha liberdade de ação”.

A estratégia principal é manter a distância dos outros, na medida do possível. Entretanto, tais pessoas podem se reunir aos demais por razões específicas, como por exemplo, atividades profissionais ou sexo. Sentem-se facilmente ameaçados por qualquer ação que represente uma intromissão em seu espaço, e por incrível que pareça, experienciam baixos níveis de tristeza, e caso sejam forçados a encontros íntimos, podem ficar bastante ansiosos e sofrerem por falta de habilidades.

É possível que você esteja lembrando de alguém conhecido que possua estas características, sendo assim, é importante sinalizar para estes que é possível através de um tratamento Psicológico Cognitivo- Comportamental reduzir os sintomas e adquirir algumas habilidades sociais nas quais o indivíduo consiga vencer a si mesmo.


Jeysiel Marcos de A. Santos
Psicólogo Clínico
CRP -02/16575
Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso