.

Analise: Brasil 1 x 1 Chile (3 x 2 nos pênaltis).


















Um jogo regado a lagrimas, assim pode ser definido Brasil contra o Chile nesta tarde de sábado.

O primeiro tempo começou de forma tranquila para o Brasil, aparentemente, a seleção fez logo um gol com David Luiz aos 18 minutos, daí então o Brasil diminuiu o ritmo de jogo, onde aos 32, Alexis Sánchez fez empatou em uma falha da defesa brasileira.

Daí então se iniciou uma saga dos Brasileiros em busca de um gol, gol esse que não saiu mais no primeiro tempo.
O gol também não saiu nos 45 minutos do segundo tempo, em um tempo simplesmente dramático onde o Brasil mostrou muito pouco do seu bom futebol, e o Chile parecia querer mesmo encerrar com o sonho Brasileiro pelo Hexa, pode-se dizer, que no segundo tempo, nenhum jogador brasileiro se destacou, sem muitas possibilidades de gol, apenas Hulk teve um gol anulado, gol esse que levantou algumas dúvidas sobre a arbitragem, o juiz apontou o gol ilegal afirmando que Hulk teria dominado a bola com o braço direito, o que a imagens não confirmaram com exatidão.

Neymar, Oscar não fizeram um dos melhores jogos, e Fred, mais uma vez não apareceu em campo, é sem dúvidas a maior dúvida brasileira nessa seleção, até agora não empolgou, mesmo tendo feito um com contra Camarões do ultimo jogo.

O Chile ainda mandou uma bola na trave do Brasil no final do segundo tempo.

Sem gols, o Brasil foi obrigado e enfrentar a prorrogação, em mais 30 minutos muito dramáticos, sofreu muito na mão dos Chilenos, que pressionaram durante todo os primeiros 15 minutos da prorrogação, segurando assim os últimos 15 da segunda etapa sem muitas chances de gol, o que queriam mesmo, sem dúvidas eram as penalidades, o que veio a acontecer.

Já nos pênaltis, o drama aumentou, o clima era de decisão, e o fantasma da desclassificação 
sofrida na última Copa em 2010 assustava os Brasileiros.

David Luiz, que era dúvida pro jogo, por sentir dores nas costas, e mesmo assim fez gol, foi para a primeira cobrança, e converteu, 1 a 0 Brasil, em seguida Mauricio Pinilla parou nas nas luvas de Julio Cesar, e o resultado não teve alteração, Willian bate pro Brasil e perde, o Chile chegaria ao empate, mas Alexis Sánchez também parou em Julio Cesar, Marcelo converte, Brasil 2 a 0, Charles Aránguiz fez mais um, Brasil 2, Chile 1.

Entrava então, a parte mais dramática dos pênaltis, Hulk perdeu pro Brasil, e Marcelo Díaz convertia para o Chile, 2 a 2, o empate ficou na responsabilidade de Neymar, que deixou o dele, Brasil 3 a 2, por fim, Gonzalo Jara faz a cobrança, e o sonho do Chile de continuar na competição fica na trave, e terminou assim, Brasil 3 x 2 Chile.

O nome do jogo sem dúvidas foi Julio Cesar, por ter feito uma defesa importantíssima ao longo dos 90 minutos, e por ter pego dois pênaltis que compensaram as perdas de Willian e Hulk, Brasil segue na 
competição, e pegará o vencedor de que sairá de Colômbia x Uruguai, jogo esse realizado ainda neste sábado 28 de Junho.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso