.

Santa Cruz do Capibaribe: Vereadora Jéssyca presta contas de ações e faz balanço de 2017

Única mulher na câmara, vereadora foi a primeira parlamentar do município a prestar contas do mandato este ano – Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Na manhã deste sábado (09) a vereadora situacionista Jéssyca Cavalcanti (PTC) realizou, na Câmara Municipal de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, a prestação de contas do ano de 2017 referente ao seu cargo como parlamentar.

Durante o evento apresentado para imprensa local, foram detalhados projetos e requerimentos apresentados pela vereadora, estes totalizando cerca de 200. Neste âmbito, Jéssyca pontuou ações e também fez alguns desabafos.

Como principais ações foram elencados temas que envolvem a causa animal, como engajamento para castração de animais, a realização da Semana da Mulher que contou com serviços de utilidade pública, o 2º Seminário Passos da Liberdade, o Setembro Amarelo, a Medalha Professora Maria Betânia e outros pontos que envolveram palestrar para alunos de instituições públicas.
Imprensa local compareceu para acompanhar apresentação das ações – Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
Jéssyca enfatizou o seu trabalho nas comissões e afirmou que é uma área onde gosta de atuar, por ser de extrema importância para um município. O projeto Comunidade em Debate também foi lembrado durante o evento.

A situacionista também destacou como é ser a única vereadora em exercício na cidade e pontuou que possui uma designação adicional, que é ser uma defensora da bancada na Casa Dr. José Vieira de Araújo. Neste cenário Jéssyca pontuou que reconhece que o prefeito Edson Vieira (PSBD) se engajou na eleição da mesma pois a queria para compor um papel de fundamental importância no grupo, servindo muitas vezes de escudo para ataques provenientes do grupo oposicionista.

Os desabafos

Jéssyca deixou transparecer claro descontentamento com as ações do advogado André Tadeu, que já destinou mais cinco ações populares contra a Casa de Leis de Santa Cruz do Capibaribe e comprometeu drasticamente o orçamento pessoal dos parlamentares.

Em um dos pontos de seus discurso, a vereadora desejou um ano melhor e "sem ações do advogado André Tadeu". Neste mesmo aspecto, Jéssyca alegou que a redução dos salários comprometeu uma série de projetos dos vereadores, já que muitas vezes ajudar eleitores financeiramente ou até mesmo investir parte do salário na manutenção de projetos é uma realidade para alguns.
"O que estamos ganhando, só está dando para comer mesmo", ressaltou.
Vereador Joab e vice-prefeito Dida de Nan também estiveram no evento – Foto: Bruno Muniz (Agreg Imagem)
As declarações de Jéssyca se dão, sobretudo, pois segundo ela parte do valor que recebia era reinvestido em questões públicas, como os comedouros compartilhados para animais de rua, por exemplo. Porém, com a redução dos salários e comprometimento de outros benefícios, a mesma e os demais recebem hoje apenas o que se encaixa nas despesas pessoais de cada um.

A prestação de contas que contou ainda com a presença do vereador Joab do Oscarzão (PSD) e do vice-prefeito Dida de Nan (PSB) foi encerrada com um café da manhã para a imprensa.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso