.

Exclusivo – Promotor pede suspensão imediata de obras na Avenida Padre Zuzinha

Pedido de suspensão curiosamente não está relacionado ao asfaltamento da via.
Foto: Matheus Arruda
A polêmica envolvendo as obras na Avenida Padre Zuzinha (Centro) em Santa Cruz do Capibaribe parece estar longe de ter um fim. Nesta quarta-feira (20), o Dr. Iron Miranda dos Anjos em nome do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou a suspensão imediata das obras no local.

A recomendação do promotor dar-se-á após um grupo de ativistas entrarem com um pedido perante o MPPE solicitando que as obras no local fossem embargadas. Para isso, o grupo argumentou e apresentou documentação que mostra que no local aconteceu um crime ambiental.

Tombadas como patrimônio da cidade, as gameleiras teriam sido alvos do progresso na avenida, sendo algumas delas comprometidas ou até mesmo severamente danificadas pelo avanço das modificações geográficas. Neste caso, houve um descumprimento de uma lei municipal que protege o referido tipo de árvore.

Apesar da recomendação de interrupção imediata das obras, servidores da secretaria de Desenvolvimento Urbano continuaram trabalhando no local nesta quarta. No final da tarde a documentação oficial do Ministério Público será entregue ao solicitantes da paralisação das obras e a polícia poderá até mesmo intervir na condução dos trabalhos no local.

Comentários pelo Facebook
0 Comentários pelo Blog

Ao escrever seu comentário, certifique-se que o mesmo não possui palavras ofensivas (palavrões), calúnia e difamação contra ninguém, pois, caso haja, ele poderá ser banido por nossos moderadores, desejando manter a ordem e respeito a usuários e terceiros citados nas publicações.

Para mais informações consulte as nossas Políticas de Uso